Comitiva da Guiné-Bissau acompanha processo eleitoral no AM

By -

Representantes do país africano estão em Manaus para conhecer in loco o sistema eleitoral do Estado

Uma comitiva de representantes da comissão nacional de eleições da Guiné-Bissau está em Manaus acompanhando o segundo turno das eleições suplementares para o Governo do Amazonas. Na manhã deste domingo (27), eles estiveram no Instituto Federal do Amazonas (Ifam) acompanhando o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Yedo Simões, no seu local de votação e no maior colégio eleitoral de Manaus, a Escola Estadual Eldah Bitton Telles da Rocha, no bairro Compensa 3, zona oeste de Manaus, que possui 10,5 mil eleitores e 24 seções eleitorais.

De acordo com a juíza auxiliar da presidência do TRE, Rebeca Lima, eles estão acompanhando o processo em diferentes locais de votação de diferentes zonas da cidade. “Nós quisemos trazer eles a diferentes locais tanto geograficamente como de público para que eles conheçam como funciona em cada local, em uma zona de classe média e outra localizada em área vermelha da cidade”, disse.

O diretor de administração e finanças da comissão do país africano, António Jau, conta que desde 19 de agosto a comitiva está em Manaus para conhecer in loco o sistema eleitoral. “Viemos por meio da assinatura do protocolo de acordo firmado entre o Tribunal Superior Eleitoral e a comissão da Guine-Bissau para conhecer a organização e gestão do processo eleitoral”, disse.

Eles também estiveram em Tabatinga, município localizado na tríplice fronteira do Brasil com a Colômbia e Bolívia, na última sexta-feira (25), para acompanhar os últimos preparativos para o pleito.

A Guiné-Bissau é um dos nove países que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Localizado na costa noroeste do continente africano o país possui 1,47 milhão de habitantes e 776 mil eleitores.

D24AM

Roberto Brasil