Com o tema “Negros do Amazonas e as políticas públicas brasileiras”, Seduc e Ufam promovem a Semana da Consciência Negra

By -
dia-consciencia-negra

Programação prevê debates sobre os temas: “Direitos Humanos e Questão Negra”; “Segurança Jurídica, Migração e a Questão das Minorias”; “Segurança Pública e Etnicidade” e “Estado Laico, Intolerância e Diversidade Religiosa”.

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado nacionalmente no dia 20 de novembro, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) darão início, na próxima segunda-feira, 16 de novembro, à Semana da Consciência Negra. Voltada para estudantes e professores da educação básica e também do ensino superior faz alusão ao “Dia da Consciência Negra”, que será comemorado nacionalmente no próximo dia 20 de novembro.

 

A atividade terá início às 9h e será realizada no auditório Rio Solimões do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) da Ufam. A Universidade está localizada na Avenida General Rodrigo Octávio, 6200, Coroado I.

 

Com a temática “Negros do Amazonas e as políticas públicas brasileiras”, o objetivo da ação é promover o debate acerca da presença dos negros na sociedade, destacando a luta histórica contra a discriminação racial.

 

A abertura do evento será marcada pela palestra “As identidades étnico-raciais no Brasil e as políticas de ação afirmativas”, ministrada pela professora doutora da Ufam, Renilda Costa de Liz.

 

Também estão previstas palestras e mesas de debate tratando sobre os temas: “Direitos Humanos e Questão Negra”; “Segurança Jurídica, Migração e a Questão das Minorias”; “Segurança Pública e Etnicidade”; “Estado Laico, Intolerância e Diversidade Religiosa”, dentre outros.

Áida Fernandes