Com aulas iniciando em 15 de fevereiro, Seduc divulga calendário letivo do ano de 2016

By -
Calendário foi eleito em votação que contou com a participação de 12.938 professores

Calendário foi eleito em votação que contou com a participação de 12.938 professores

Após o processo de escolha que contou com 12.938 professores votantes, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) divulgou os calendários oficiais letivos que serão adotados em 2016.  Com diferenciações de datas de início e término de bimestres, pela primeira vez serão adotados calendários específicos para a capital e para o interior. Em ambos, as aulas iniciam no próximo dia 15 de fevereiro.

Conforme escolha dos docentes, as escolas públicas estaduais da capital terão as aulas iniciadas no dia 15 de fevereiro e sendo encerradas em 19 de dezembro. Já para as escolas do interior, as aulas iniciam, igualmente no dia 15 de fevereiro mas serão concluídas no dia 16 de dezembro.

Conforme rege a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), tanto o calendário letivo da capital quanto o do interior contemplarão 200 dias letivos ou 800 horas/aula.

Para as escolas da capital, o primeiro bimestre letivo será iniciado no dia 15 de fevereiro e concluído em 26 de abril; o segundo bimestre compreenderá os dias 28 de abril e 14 de julho; o terceiro: 18 de julho e 29 de setembro e o quarto de 3 de outubro a 19 de dezembro. Na capital, as férias do meio do ano compreenderão os dias 25 de junho e 3 de julho.

Para as escolas públicas estaduais do interior, o primeiro bimestre compreenderá os dias 15 de fevereiro e 27 de abril; o segundo de 28 de abril a 14 de julho; o terceiro de 15 de julho a 29 de setembro e o quarto de 30 de setembro a 16 de dezembro. As férias escolares, do meio do ano, compreenderão os dias 25 de junho e 3 de julho.

Em razão dos jogos olímpicos, dos quais Manaus será uma das subsedes, tanto para a capital quanto para o interior, foram estipulados como datas de recesso os dias 4 e 9 de agosto.

Processo de escolha – Com proposta democrática, a Seduc franqueou aos professores a escolha do calendário letivo. A votação contou com a participação de 12.938 docentes, sendo 7.046 docentes da capital e 5.892 do interior. No pleito, a Secretaria apresentou aos professores três propostas de calendário.

O calendário que será adotado na capital foi eleito pela maioria que representou 43,7% dos professores votantes. O calendário do interior, por sua vez, foi eleito por 70,6% dos docentes.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) conta com 583 escolas públicas estaduais, sendo 225 localizadas na capital e 358 no interior do Amazonas.

Roberto Brasil