Coari virou lixeira a céu aberto

By -

coari-lixo 1Da Redação – E a cidade de Coari está se transformando numa verdadeira lixeira a céu aberto, conforme reclamações feitas pelos seus moradores ao BLOG DA FLORESTA. Dona Edna Lopes, 43, afirma que nenhum lugar escapa da sujeira que se acumula e prejudica a todos que ali moram. “Amo minha cidade e só queria entender o que se passa na cabeça do nosso governante, o Raimundo Magalhães, para conseguir deixá-la desse jeito.  Afinal, temos a segunda maior arrecadação do estado. Ele deveria trabalhar em prol do seu povo, mas isso não acontece. Para mim está sendo uma decepção e pedimos a Deus que tudo isso acabe logo”, desabafa.

Já o senhor Walter Dias, 37, comerciante, afirma que não sabe a quem recorrer mais e a situação só deve mudar se as pessoas pensarem de outra forma, não deixando que maus políticos tomem conta da coisa pública como se fosse deles. “Município em que se ganha o pão não merece ser tratado deste jeito. Não bastasse o efeito devastador de uma administração péssima, lamentamos que ainda encontre apoio de alguns vereadores em troca de favores políticos. Só nosso povo tem o poder de mudar isso, basta querer. Dia desses estávamos debaixo d’água e superamos. Agora é a vez do lixo que se amontoa em cada canto da cidade e os urubus fazendo a festa, pois a limpeza pública não funciona por falta de pagamento. Isso só pode ser uma brincadeira, mas de mau gosto”, reclama.

Não é de hoje que falamos nesses problemas de Coari, apenas esperamos que a enxurrada de reclamações recebidas não vire uma revolta popular, pois a população tem direito a ver os impostos pagos serem revertidos em favor de todos indistintamente através um local limpo, cuidado e reunindo as condições mínimas para se viver.

Roberto Brasil