Coari tem um dono chamado ‘Ligeirinho’

By -

Coari sempre foi uma cidade em que seu povo tinha orgulho de viver, e de ali morar. Após a chegada da Petrobras, com seu gás, o município passou a ser um verdadeiro poço de riqueza, tendo a segunda maior arrecadação financeira do Estado, porém, a cidade hoje nem de longe lembra o brilho que um dia teve.

Tudo perdido por causa de uma só família, a Pinheiro, que após 2014 passou a ter uma vergonhosa alcunha, a da Central Brasileira da Pedofilia, tendo à frente desse sórdido esquema o, então, prefeito da época, Adail Pinheiro, principal acusado pela justiça, e isto comprovado, de chefiar uma rede de exploração sexual infantil.

Adail Pinheiro foi preso, e responde por diversos processos não só criminal por pedofilia, mas, também por ativa corrupção, já tendo desviado milhões do cofre público. Hoje, ele paga uma quantia milionária mensal para agora estar em liberdade, vigiada.

Porém, como todo chefe de quadrilha, o velho Adail Pai mesmo quando estava preso teve o feito de se colocar no poder, de novo, só que agora através de seu filho, Adailzinho, o ‘Ligeirinho’, que foi eleito prefeito.

E os Pinheiro tem sede de dinheiro, tem fome de se dar bem a base do povo, e o preço a pagar pela vida boa e cheia de mordomias, milionárias, for por meio da corrupção, pouco importa.

Sob o comando do velho Pai, ‘Ligeirinho’ fez da sua prefeitura a base financeira empregando vários familiares.

Para se ter uma ideia dos abusos cometidos pelo Rapazola Adailzinho, em Manaus, onde passa maior parte do seu tempo, em jogatinas e prazeres mil, foram montadas duas casas da Representação Municipal de Coari, em dois endereços – nos bairros São Raimundo e Dom Pedro.

Agora, o povo quer saber. Por que dois endereços? Ainda mais quando nenhum deles o povo tem o suporte que merece ter, em especial os de saúde para aquele s que vão à Capital tratar de doenças, caso da hemodiálise.

Detalhe

Nas Representações de Coari em Manaus não têm carro para transportar os doentes.

Por outro lado, dia desses, uma licitação mostrou que foram alugados carros, picapes, motos para atender em Coari os secretários da administração de ‘Ligeirinho’…Porém, tudo sendo pago com valores suspeitos de superfaturamento, desvio de recursos.

E a pergunta que o povo faz – Para quê carros de luxo para os secretários e subs?

Enquanto isto no hospital da cidade falta medicamentos, sem médicos, sem a mínima estrutura para funcionar; são servidores com salários atrasados, ou seja, abandono vira

l da cidade, com a violência indo a patamares elevadíssimos.

Coari tem o seu povo abandonado!

Para piorar, o sofrimento do povo de Coari quando olha para os vereadores, e espera daquela instituição, que tem por dever zelar pela ética, pela honradez da administração púbica, em ser o fiscalizador dos atos da prefeitura, porém, o que se vê é que os 15 vereadores recebem ‘agrados’ de ‘Ligeirinho’ para que seus olhos nada vejam. E isto pode ser facilmente entendido já que na Presidência da Câmara Municipal de Coari tem um primo de Adailzinho, o vereador Keitton Pinheiro.

Mas, o povo diz que ali tem mesmo é uma quadrilha.

Porém, eis que aqui esses senhores e senhora não parecem representar o povo que os elegeu:

1. Jeane Pinheiro  (PP)

2. Cristian Pereira  (PP)

3. Samuel  Castro  (PSL)

4. Rodrigo  Alves  (SD)

5. Dr. Adeva  (PTB)

6. Edilson Lima  (PSC)

7. Salu Junior  (PRTB )

8. Ademoque Filho  (PSDC)

9. Orleilson  (PHS)

10. Ewerton Medeiros  (DEM)

11. Keitton Pinheiro  (PTB)

12. Bacana  (PV)

13. Mário Jorge  (PTN )

14. Carlinhos do Bem (PSB)

15. Fialho (PEN).

O povo de Coari não merece tanta mazela!//Marlen Lima

Mario Dantas