CMM divulga nota sobre episódio envolvendo vereadores

By -

Sobre o episódio ocorrido na manhã desta terça-feira (30), na CMM envolvendo a vereadora Joana e o presidente Wilker Barreto, a Diretoria de Comunicação da CMM informa que quando a sessão já se encaminhava para o encerramento, a vereadora solicitou uma questão de ordem em que a mesa diretora considerou como improcedente porque a mesma não havia sido citada por outro parlamentar durante a discussão e o presidente considerou encerrar a sessão.

A vereadora já havia utilizado sete de quatro minutos previstos no grande expediente dentro do bloco partidário do qual faz parte o PR. Joana chegou a solicitar comunicado parlamentar, no entanto, o referido tempo já havia sido utilizado pelo líder do PR, vereador Cláudio Proença.

Conforme o Regimento Interno, apenas três vereadores podem utilizar o tempo de comunicado parlamentar, desde que também estejam inscritos. O que não foi feito pela vereadora. Somente estavam inscritos os vereadores Plínio Valério (PSDB), Cláudio Proença (PR) e Raulzinho (DEM).

Roberto Brasil