Chris Weidman nocauteia Vitor Belfort e mantém cinturão do UFC

By -
Chris Weidman levou 2min e 3seg para vencer Vitor Belfort no primeiro round

Chris Weidman levou 2 minutos e 53 segundos para vencer Vitor Belfort no primeiro round

Chris Weidman mantém o cinturão dos médios do UFC. O norte-americano enfrentou o brasileiro Vitor Belfort em um combate espetacular em Las Vegas. O ‘Fenômeno’ quase nocauteou o campeão, foi com tudo, mas vacilou, ficou por baixo e foi massacrado no ground and pound até a interrupção do árbitro Herb Dean, aos 2 minutos e 53 segundos de luta no MGM Grand Garden Arena.

Foram menos de três minutos. E muita coisa aconteceu. Depois de passar o primeiro minuto apenas escapando das investidas do ‘All American’, Belfort acertou uma joelhada no rival, que sentiu. O ‘Fenômeno’ foi com tudo, conectando golpes no rosto e no tórax do campeão, que resistiu bravamente.

Mas Belfort se cansou. O norte-americano, mesmo com um olho inchado e um grande sangramento, aproveitou um vacilo do ‘Fenômeno’ e aplicou a queda. Facilmente e com muita tranquilidade, Weidman foi para a montada e começou uma série espetacular de golpes no ground and pound. Foi uma longa saraivada de golpes até a interrupção do árbitro Herb Dean, que esperou até o último segundo uma reação do brasileiro.

weidman-vence-belfortApós a vitória, Weidman exaltou Belfort e pediu mais respeito para ele, o grande campeão dos médios do UFC. “Eu tinha programado na mente que seria uma luta agarrada. Mas quero uma salva de palmas para Vitor Belfort, ele é uma lenda do esporte. Eu sou a última pessoa que gosta de falar mal dos outros, só tinha algo de errado com seus testes. Mas não quero xingar ninguém. Parem de duvidar de mim! Juntem-se ao meu time! É o último convite que faço”, comemorou.

Já o brasileiro pediu respeito para o campeão e reconheceu que não foi o melhor no combate. “Tentei evitar a luta embaixo, eu estava indo bem, devia manter minha distância, mas ele me derrubou. Parabéns a ele. Sua força é o solo e o wrestling. Eu queria dar meu tempo, mas ele é um campeão, foi o melhor homem hoje. Aí galera, muito obrigado por terem vindo, me desculpem, mas hoje ele foi melhor”, disse.

Foi a 13ª vitória em número igual de lutas em sua carreira. Já Belfort, que tem 24 triunfos, perdeu pela 11ª vez.

Roberto Brasil