Chapa Quente: Delator diz que deu R$ 2 milhões de reais em propina para Dilma

By -
Dilma Roussfe / Antonio Palocci

Dilma Rousseff / Antonio Palocci

Fernando Baiano disse que acertou com Antonio Palocci o pagamento de 2 milhões de reais em propina para a campanha de Dilma Rousseff, em 2010.

Antonio Palocci sempre negou o encontro com Fernando Baiano, assim como Paulo Roberto Costa e o outro intermediário do acerto, José Carlos Bumlai.

Na última quinta-feira, Fernando Baiano entregou à PF cópia dos registros de entrada e saída do hotel em que se hospedou em Brasília, em junho de 2010, quando ocorreu o encontro entre eles.

“O delator sustenta que, do Hotel Meliá, foi de carona em uma carro da Petrobrás com Paulo Roberto Costa até uma casa usada pelo comitê da campanha, onde Palocci – que era coordenador da campanha presidencial do PT – e um ex-assessor, Charles Capella de Abreu, teriam pedido apoio financeiro”.

Mario Dantas