Chapa presidida por Saullo Vianna é a única inscrita para eleição do Conselho Fiscal do Boi Caprichoso

By -

CAPRICHOSO

A união prevaleceu na formação de uma única chapa para a eleição do Conselho Fiscal da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso.

No dia 4 de setembro, além do pleito que escolherá o novo presidente e vice-presidente azulado, também serão eleitos os conselheiros fiscais e seus respectivos suplentes.  O empresário Dodozinho Carvalho, que foi um dos primeiros nomes a se lançar candidato ao Conselho Fiscal, mudou de ideia, por entender que o momento de unidade e renovação deve prevalecer. “E é seguindo essa mesma linha de raciocínio que não posso concorrer ao cargo de presidente do Conselho Fiscal. Se o fizesse, seria hipócrita, duas caras, não seria coerente”, disse ele.

Carvalho, em nota, pediu apoio a Babá Tupinambá e Jender Lobato para a presidência do Boi Caprichoso e declarou apoio a Saullo Vianna na eleição do Conselho Fiscal. A chapa se formou a partir da união de vários candidatos ao conselho e terá como presidente  Saullo Vianna, 1º conselheiro; Augusto Flávio Silva Cardoso, 2º conselheiro; Carlos Julvan Silva de Medeiros e suplentes; Gracildo Gomes de Azedo (Batoré), Carlos Alberto de Souza Nery e Rogério de Souza de Jesus, o Roca.

caprichoso

Para Saullo, a formação da chapa do Conselho Fiscal revela o momento que o Boi-Bumbá Caprichoso está vivenciando. “Temos a oportunidade de manter o Caprichoso forte administrativamente, aumentando a transparência e com fiscalizadores que irão analisar com responsabilidade a associação cultural”, explicou.

A chapa do Conselho Fiscal foi apresentada pela Chapa 1 de Babá Tupinambá e Jender Lobato. “De acordo com o estatuto, essa chapa vai pra cédula de votação, vai ser votada. Como houve só uma chapa inscrita, no fim da eleição ele vai ser homologada”, informou o presidente da Comissão Eleitoral da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, Mauro Morais Antony.

Eleição

O presidente da Comissão Eleitoral, Mauro Morais Antony, confirmou que a eleição em Parintins e Manaus ocorrerá no dia 4 de setembro. Na Ilha Tupinambarana, o pleito será das 8h às 17h, na Escola Estadual João Bosco, e na capital do Amazonas das 8h às 15h, no Centro de Convivência do Idoso, no bairro Aparecida.  Este ano, pela primeira vez as urnas de Manaus não serão apuradas em Parintins. “Vamos apurar em Manaus e depois vamos somar aos votos apurados aqui”, acrescentou. Mauro Antony presidirá a eleição em Parintins e o sócio Délio Diniz em Manaus.

Áida Fernandes