Céu desta noite terá eclipse lunar e a passagem de um cometa

By -

Lua cheia normal (esq.) e durante um eclipse penumbral, com brilho reduzido (dir.)

Na noite desta sexta-feira (10) e madrugada de sábado, dois fenômenos astronômicos vão atrair olhares para o céu: a passagem do cometa 45P / Honda-Mrkos-Pajdusáková e um eclipse penumbral da Lua.

O eclipse lunar deve ocorrer por volta das 18h (horário de Manaus), quando parte da Lua ficará com menos brilho pela sombra da Terra. O fenômeno ocorre quando nosso planeta se posiciona entre o Sol e a Lua.

O eclipse será visível na maior parte do leste da América do Sul, leste do Canadá, na Europa, na África e na Ásia ocidental. No entanto, ele não deve encobrir a Lua, apenas escurece-la.

“O melhor horário para se observar será às 20hs44m (horário de Manaus), mas por ser penumbral, é muito difícil de ser notado, pois a alteração do brilho da Lua é muito sutil”, explica a professora Sandra dos Anjos, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP.

Cometa

Além do eclipse, logo nas primeiras horas da madrugada de sábado o cometa 45P / Honda-Mrkos-Pajdusáková deve passar pela órbita da Terra. Mas calma, não se trata de um meteoro vindo em direção ao planeta.

De acordo com a Nasa (Agência Espacial Americana), ele deve passar a uma distância de quase 12 milhões de quilômetros. O objeto esverdeado será visível com o uso de binóculos e telescópios, no céu da manhã, na constelação de Hércules. Descoberto em 1948, este cometa aparece a cada cinco anos e tem estado visível desde dezembro, de acordo com os astrônomos. A próxima passagem do 45P ocorrerá em 2022.

Mas se você não tem instrumentos, não fique chateado.

No próximo dia 26 de fevereiro acontece um eclipse solar. O evento será parcialmente visível no Brasil e melhor apreciado para quem estiver ao sul do país. Já o eclipse que ocorre em 21 de agosto deve ter melhor visualização nas regiões norte e nordeste.

Da UOL

Roberto Brasil