Cerimônia Paralímpica terá escultura feita ao vivo

By -
Casal de cegos dançará durante Cerimônia de Abertura

Casal de cegos dançará durante Cerimônia de Abertura

Uma enorme escultura em forma de coração, no meio do gramado do Maracanã, construída durante o desfile dos atletas, e uma biamputada que dançará com um robô são algumas das atrações da Cerimônia de Abertura dos Jogos Paralímpicos Rio-2016, nesta quarta-feira, a partir das 17h15 (horário de Manaus).

O público participará da festa em vários momentos. Em um dos principais, um grupo vestirá uma capa branca, que encontrará sobre os assentos, e imagens serão projetadas na vestimenta, durante uma das 11 cenas previstas para a celebração.

A festa tem início com uma contagem regressiva e, ao seu término, um cadeirante dará um salto de uma megarrampa. Em seguida, será a vez de uma roda de samba embalar o público com a participação de nomes como Maria Rita, Monarco, Diogo Nogueira, Teresa Cristina e Xande de Pilares.

Assim como ocorreu na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos, o gramado do Maracanã também será transformado nas águas que banham Copacabana. A cena trará todos os famosos personagens das praias cariocas, como os ambulantes, os tradicionais vendedores de mate e de biscoito.

Ao longo de 2h45 e sob o tema “Todos têm um coração”, o universo paralímpico será mostrado tanto na visão esportiva, com a apresentação das modalidades dos Jogos, quanto na necessidade de os atletas se adaptarem às suas deficiências. Por exemplo, a atleta biamputada de snowboard Amy Purdy fará uma performance de dança contemporânea com um robô.

O fim dos festejos será ao som de Seu Jorge. O cantor subirá ao palco após o acendimento da pira paralímpica para interpretar as canções: “Acredito na Rapaziada”, de Gonzaguinha, e “É preciso saber viver”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

*Com AGÊNCIA O GLOBO

Roberto Brasil