CDC-Aleam amplia programa de interiorização

By -
“Vamos levar o Procon para todo o interior do Amazonas", afirmou Fraxe

“Vamos levar o Procon para todo o interior do Amazonas”, afirmou Fraxe

Uma parceria entre a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC-Aleam) e o Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM), firmada na manhã de hoje, vai permitir que, a partir de agora, os municípios amazonenses, além de contar com as CDC’s nas câmaras, também recebam a instalação do órgão de proteção para atuação em âmbito municipal.

O presidente da CDC-Aleam, deputado Abdala Fraxe (PTN), explicou que o Termo de Cooperação Técnica assinado, hoje, pela coordenadora do Procon-AM, Rosely Fernandes, garante a expansão do trabalho de interiorização, que hoje está sendo feito pela comissão. “Vamos levar o Procon para todo o interior do Amazonas, junto com o programa de interiorização da comissão, o que vai fazer com que a Rede de Proteção ao Consumidor funcione em todo o Estado e não só na capital”, assegurou o presidente.

Conforme o deputado, as prefeituras das cidades que receberem a instalação do Procon municipal ficarão responsáveis de enviar seus servidores para treinamento na capital amazonense, para que seja efetivado o trabalho, a exemplo do que ocorre com os vereadores das câmaras que recebem a instalação da CDC.

“A recepção nos interiores está sendo muito positiva. Hoje, já instalamos a comissão em 32 municípios, destes dez já fizeram a capacitação na Assembleia. Temos uma agenda cheia para o restante do mês. Nessa semana, por exemplo, visitaremos mais cinco municípios”, ressaltou Fraxe, ao informar que a partir da próxima quinta, a CDC partirá para Barcelos, Santa Izabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, Japurá e Maraã.

Para a coordenadora do Procon-AM, a assinatura do termo formaliza a parceria que vem sendo desenvolvida com a CDC, com grande ganho para a população de todo o Amazonas, que agora passa a ter acesso ao que representa o Código de Defesa do Consumidor. “Essa parceria só demonstra a preocupação da comissão com as causas consumeristas. Nós somos órgão de proteção, mas temos nossas limitações, por isso quanto mais parcerias forem feitas, melhor para nós e melhor para o consumidor”, destacou Rosely.

Roberto Brasil