Caseiro é preso com mais de 7 kg de cocaína

By -
Raimundo foi preso na casa onde morava

Raimundo foi preso na casa onde morava

A equipe policial do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), com o apoio de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), prendeu em flagrante, na última terça-feira, dia 2, por volta das 19h, no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, Luciana Gomes da Silva, 31, e o caseiro Raimundo José Santos Pinheiro, 41. A mulher por posse ilegal de arma de fogo e o homem por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

Conforme o delegado titular da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Thyago Tenório, o trabalho investigativo em torno do caso estava em andamento há vinte dias, período em que os alvos foram monitorados.

Luciana e Raimundo foram presos na Travessa Tracuá, bairro Tarumã, zona Oeste. Luciana foi presa em um bar. Na ocasião, foi encontrado no estabelecimento uma arma pertencente ao marido dela, um traficante conhecido como “Loiro”. Ela foi levada à unidade policial e após o pagamento de fiança, arbitrada por delegado, foi liberada para responder pelo crime em liberdade.

Segundo o delegado Thyago Tenório, foram  apreendidos mais de 500 porções de entorpecentes, entre cocaína, maconha e oxi

Segundo o delegado Thyago Tenório, foram apreendidos mais de 500 porções de entorpecentes, entre cocaína, maconha e oxi

Raimundo foi preso na casa onde morava, em frente ao bar onde Luciana estava. Dentro da residência dele foram apreendidas mais de 500 porções de entorpecentes, entre cocaína, maconha e oxi. “Após a prisão do indivíduo, nós nos deslocamos até um sítio na Comunidade Cristo, onde Raimundo era caseiro. Lá encontramos mais sete quilos de cocaína e apreendemos um veículo modelo Honda Civic”, disse Tenório.

Ainda conforme a autoridade policial, o sítio pertence ao traficante da facção criminosa Família do Norte (FDN), João “Gordo”, que está foragido. Raimundo seria funcionário do setor financeiro do traficante. O pedido de prisão preventiva para “Gordo’” já foi representado pelo delegado Thyago Tenório, que aguarda posicionamento da Justiça.

Conduzido à Delegacia Geral, onde funciona a base do Denarc, Raimundo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos na unidade policial ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Roberto Brasil