Cartel da Petrobras existe desde meados da década de 90

By -

 

petro

Cartel existe desde meados da década de 90, mas foi mais efetivo a partir de 2004, com Duque e Costa, diz delator em novo depoimento à Justiça Federal do Paraná na segunda-feira, 9, o executivo Augusto Mendonça, que fez acordo de delação premiada no processo da Operação Lava Jato, afirmou que o cartel chamado por ele de “clube” de empreiteiras que atuava nas licitações da estatal, existe desde meados da década de 1990, período que abrange a gestão de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Segundo Mendonça, ex-representante da Toyo Setal, o cartel “passou a ser mais efetivo a partir de 2004, graças às negociações dos diretores Paulo Roberto Costa (Abastecimento) e Renato Duque (Engenharia e Serviços)”.

“Isso (o acerto entre as empresas) passou a ter efetividade, de fato, a partir de 2004, quando este grupo negociou com os dois diretores, Paulo Roberto e Renato Duque, de modo que a lista de convidados fosse restrita às empresas que participassem desse grupo. A partir daí, durante um período o resultado dessas reuniões, dessas escolhas, passou a ser mais efetivo”, explicou o executivo, que firmou acordo de delação premiada com a força-tarefa do Ministério Público Federal.

Mario Dantas