Carta de Dilma não muda situação no Senado

By -
Dilma Rousseff

Dilma Rousseff

A carta divulgada pela presidente afastada Dilma Rousseff não muda votos no Senado, onde ela será julgada na semana que vem. Se não perder apoiadores, os defensores do impeachment – 59 na sessão que aprovou a pronúncia – podem chegar a 60 votos, se Renan Calheiros votar. O senador Oto Alencar (PSD-BA), que votou com Dilma nas duas votações, não revela o voto no julgamento, mas deixou claro que considerou a iniciativa dela “tardia e extemporânea” e que não muda convicções no Senado.//O Xerife

Mario Dantas