Carnaval 2015 do Amazonas tem redução de R$ 2,5 milhões por causa da crise econômica

By -

carnaval_2015A política de contenção de custos, anunciada pelo Governo do Estado do Amazonas, por ocasião da crise econômica brasileira atual, envolveu também todos os eventos apoiados, promovidos e realizados a respeito do Carnaval 2015, por meio da Secretaria de Estado da Cultura.

Os custos foram enxutos em R$ 2,5 milhões este ano e envolvem tanto apoio a diversas bandas carnavalescas da capital e interior quanto a infraestrutura para o desfile das Escolas de Samba de Manaus.

No entanto, o Governo estadual não reduziu a verba concedida às Escolas de Samba de Manaus para produzirem o Carnaval, mantendo o mesmo patrocínio do ano passado. Como se não bastasse, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura, está promovendo o Carnaboi em todas as cinco zonas da capital.

De acordo com o governador do Amazonas, José Melo, é preciso que os foliões entendam a real situação pela qual passa o País diante da crise econômica.

“Teremos um grande Carnaval, com toda criatividade e alegria de nosso povo e o Governo está dispondo de verba para que isso ocorra, mas com contenção. Não podemos fazer o que não dá. Há vários Estados que não farão Carnaval nas suas cidades. Procuramos uma outra realidade porque sabemos da importância cultural do Carnaval”, declarou.

Já o secretário de Cultura, Robério Braga, informa que, diante da situação exposta, o Governo do Amazonas conseguiu uma façanha. “O Amazonas manteve o Carnaval, apesar de tudo, e ainda conseguiu ampliar a festa para toda população de Manaus, uma vez que acontecerá em todas as zonas da cidade”, explicou.

O Desfile das Escolas de Samba de Manaus acontecem desde esta quinta-feira, dia 12, até sábado, dia 14, no Sambódromo. No Domingo Gordo, 15, terá o Concurso de Fantasia Adulto, no Teatro Amazonas e, na Segunda Gorda de Carnaval, dia 16, o Carnaboi acontecerá em cinco zonas da cidade.

Roberto Brasil