Candidatura a vice-presidente é até interessante, diz Meirelles

By -

Henrique Meirelles discursa durante um almoço do LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), em São Paulo (Nelson Almeida/AFP)

O ministro da FazendaHenrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira que seria “até interessante” o cargo de vice-presidente da República. Ele negou que seja candidato a presidente em 2018. “A ideia de ser vice é até interessante”, afirmou em evento com empresários em São Paulo ao ser questionado se seria candidato a presidente ou vice no pleito de 2018.

Ele disse que já teria sido convidado para ser candidato a vice-presidente em 2010 e 2014 para a chapa da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e do senador Aécio Neves (PSDB-MG), respectivamente. Mais tarde, Meirelles tentou justificar que sua afirmação sobre candidatura à Vice-Presidência havia sido uma “mera brincadeira”.

Meirelles, filiado ao PSD, tem se articulado nos bastidores para concorrer às eleições presidenciais do próximo ano, contando inclusive com uma equipe própria voltada a esse objetivo.

A bancada do seu partido na Câmara dos Deputados já o convidou para se candidatar à Presidência no ano que vem, mas em declarações públicas Meirelles tem reiterado que no momento está concentrado nas questões da economia do país. E repetiu o discurso nesta segunda-feira. “Sou candidato a fazer um bom trabalho no Ministério da Fazenda”, disse.

O ministro voltou a defender a aprovação da reforma da Previdência e que ela é de interesse de “todas as forças políticas” do país. Para ele, se a reforma não for aprovada no Congresso neste ano, será o primeiro desafio do próximo presidente.

Meirelles disse ainda que a prorrogação do Refis, programa de refinanciamento de dívidas tributárias, seria decidida ainda nesta segunda-feira em reunião com o presidente Michel Temer, que já deixou o hospital depois de passar o fim de semana internado após procedimento na próstata. / Por Veja

Roberto Brasil