Candidatos ao governo estarão no Festival de Parintins

By -

(Arte: Tiago Rocha)

O Festival Folclórico de Parintins, que acontece entre os dias 30 de junho e 02 de julho, contará com a presença de seis dos oito candidatos ao cargo de governador do Amazonas nas eleições suplementares.

O boi bumbá Caprichoso tem a preferência de quatro candidatos: Eduardo Braga (PMDB); Liliane Araújo (PPS); Marcelo Serafim (PSB) e Rebecca Garcia (PP). Já Amazonino Mendes (PDT); José Ricardo (PT) e Wilker Barreto (PHS) têm a torcida dividida entre os dois bois e Luiz Castro se diz torcedor do Garantido sem fanatismo.

O vereador Wilker Barreto, que se denomina ‘Garanchoso’, afirma que vai aproveitar o evento para conversar com líderes e estreitar as relações com os parintinenses. “Gosto de assistir e, este ano, irei prestigiá-lo pessoalmente. Aproveitarei para conversar com lideranças do município”, disse.

O petista José Ricardo ressalta que a ida para a ilha tupinambarana já estava prevista para ser realizada durante a campanha, e além da participação no Festival, terá atividades políticas. “O político tem interesse de poder estar em um local com muitos possíveis eleitores. É natural que a gente possa prestigiar e aproveitar o momento”, destacou.

Do lado azul, Braga, Garcia e Serafim vão ao bumbódromo acompanhados da família e veem a chance de curtir a festa.

“É claro que o Festival acaba se tornando uma vitrine, mas irei como torcedor, esposo e pai, e não como candidato. Vou a Parintins há muito tempo; não costumo perder o Festival, independentemente de campanha”, afirmou Marcelo Serafim.

“É uma festa que fomenta o turismo e a geração de emprego e renda no município. Isso é importante neste momento em que o Amazonas como um todo enfrenta uma das piores crises de sua história”, frisou Braga. A candidata Rebecca também enfatiza a questão econômica. “A festa é uma boa oportunidade para fortalecer o entendimento do quanto o turismo tem potencial no nosso Estado. A festa e a natureza encantam a qualquer um”, disse.

De acordo com Amazonino, o fato de o Festival ser reconhecido pelo Brasil e pelo mundo se deve ao seu trabalho quando era governador. “A minha relação com Parintins talvez seja a que jamais um político alcançou em qualquer momento da história do Estado. […] Parintins levou o nome do Amazonas para o resto do Brasil e atravessou as fronteiras internacionais. Isso foi um trabalho, modéstia à parte, do então governador Amazonino Mendes. Parintins faz parte da minha vida pública”, contou Amazonino.

“Dizem que eu tenho uma queda pelo Garantido. É que ainda não descobriram que minha alma é azul e meu sangue é vermelho. Na verdade, eu amo os dois, e muito”, comentou o ex-governador ao ser questionado sobre sua preferência.

Indecisos

Dois candidatos ao governo-tampão ainda não definiram se vão participar do Festival Folclórico de Parintins.

O deputado estadual Luiz Castro afirma que seus assessores ainda estão analisando se conseguirão conciliar a agenda no próximo fim de semana.

Liliane Araújo (PPS) assegurou que existem muitos convites para participar da festa dos bumbás, e outros tantos para visitar municípios com reuniões de campanha. “Estou torcendo para que me liberem aqui da correria de campanha”.

Candidato

O nono candidato a governado do Amazonas, o cabeleireiro Jadelvoni Nogueira Deltrudes (PPL), conhecido como “Jardel”, não foi citado na reportagem porque a candidatura dele não havia sido oficializada até o fechamento da matéria. Saiba mais sobre a candidatura dele aqui.

(Com PORTAL A CRÍTICA)

Roberto Brasil