Candidata do PSOL pede respeito e dignidade ao trabalhador

By -

 

Pedrinha Lasmar

Pedrinha Lasmar

Da Redação – A candidata à deputada estadual pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Pedrinha Lasmar vem realizando sua campanha com o slogan respeito e dignidade ao trabalhador. Sempre acompanhada do candidato ao governo do estado, Abel Alves. Algumas das propostas apresentadas pela candidata referem-se à criação da lei e redução de impostos para as empresas que assegurem 5% das vagas de estágios para pessoas maiores de 35 anos, assim como a criação de um Fundo Estadual de Emprego e Renda, cujos recursos sejam destinados ao financiamento e apoio técnico para redes de mulheres, produtores artesanais, jovens empreendedores, dentre outros.

Propõe a criação de um Programa Estadual de Apoio à Iniciativas comunitárias para suporte técnico e incentivo à economia solidária, cooperativas e desenvolvimento de atividades sociais envolvendo entidades civis, associações de moradores e outras que possam efetivar melhora na renda, emprego e serviços sociais, a partir da iniciativa da própria população. O Programa pode ser gerenciado pelos próprios interessados/beneficiários, contando com parcerias.

Implantar projetos para fortalecer e criar redes de mulheres por meio do aporte de recursos federais, bem como de organizações internacionais Outros projetos para assistência educacional complementar, visando oferta de cursos preparatórios gratuitos para alunos de baixa renda, possibilitando concorrer em condição de igualdade por uma vaga nas Universidades ou no Ensino Técnico Superior, financiado com recursos dos royalties do petróleo e gás que cabem ao Estado do Amazonas.

 

abel

Um Projeto para destinar parte dos royalties de petróleo e gás para financiamento de pesquisas em novas tecnologias e produtos na Universidade Estadual do Amazonas e outras instituições de ensino superior locais, inclusive em suas extensões no interior do Estado, que possam resultar em novos negócios, geração de emprego e renda para a população amazonense.

Implantar uma Delegacia Especializada em Violência contra Vulneráveis para tornar célere o processo de registro e respostas penais em casos de violência doméstica, pedofilia, tráfico de mulheres, desaparecimento de crianças, com suporte de Assistentes Sociais e Psicólogos. Implantar o ‘Alerta Ambert’ em Manaus, com a instalação de uma rede de informação online, entre as polícias militar, civil e federal, de maneira a registrar em tempo real o desaparecimento de crianças, a exemplo do que já existe nos Estados Unidos e outros países tornando obrigatória a divulgação de desaparecimentos nos meios de comunicação. (Mercedes Guzmán)

 

Mario Dantas