Canções de Renato Russo reforçam o ensino de Língua Portuguesa em escola pública estadual

By -
O projeto contextualiza as letras musicais com os conteúdos da disciplina de Língua Portuguesa

O projeto contextualiza as letras musicais com os conteúdos da disciplina de Língua Portuguesa

Para favorecer o aprendizado da Língua Portuguesa a escola estadual Carvalho Leal, localizada no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus, desenvolve um projeto diferenciado com seus alunos de ensino fundamental. Estimulando a oralidade e a interpretação textual, professores da escola têm utilizado canções de Renato Russo e de demais compositores nacionais em oficinas de leitura e escrita. A iniciativa tem repercutido de forma positiva na aprendizagem.

De acordo com a professora de Língua Portuguesa da escola e uma das coordenadoras da atividade, Soraya Freire, este trabalho pedagógico foi projetado de forma lúdica para garantir a efetiva aprendizagem dos alunos. “Precisamos de um impulso criativo para favorecer o conhecimento e o desenvolvimento dos estudantes. Com esse projeto, trabalhamos tópicos sobre gêneros textuais, oralidade e interpretação”, explicou.

A professora conta que a ideia do projeto é contextualizar as letras musicais com os conteúdos da disciplina de Língua Portuguesa. “No caso das composições de Renato Russo propomos também uma reflexão sobre esperança e otimismo, presentes de forma constante nas músicas do compositor”, indicou Soraya Freire.

escola-carvalho-leal-oficina-leitura-01No trabalho desenvolvido pela escola estadual Carvalho Leal, canções de Renato Russo como “Monte Castelo”, baseada no texto original de Camões e “Mais uma Vez” composta em parceria com o cantor Flávio Venturini foram algumas das músicas utilizadas durante as oficinas educativas.

A iniciativa da escola faz parte do projeto “Esquenta da Prova Brasil” que é desenvolvido desde o início do ano. O projeto propõe ações para reforçar o ensino conduzido pelos professores e também para contribuir com a preparação dos alunos que participarão de avaliações nacionais, como a Prova Brasil.

“A preparação para avaliações nacionais é um estímulo para aperfeiçoar as estratégias de ensino. Visando o desenvolvimento dos estudantes, é pertinente que os professores que trabalham com os conteúdos que constarão na Prova Brasil, por exemplo, procurem maneiras diferenciadas de trabalhar tais conteúdos”, apontou professora Soraya Freire.

Prova Brasil – Realizada a cada dois anos, a Prova Brasil tem o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, direcionados aos alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental. Em 2015 a avaliação será aplicada em todo o território nacional no período que compreende os dias 9 e 20 de novembro.

Roberto Brasil