Campeonato Amazonense de Arrancada registra quebra de quatro recordes

By -
A categoria "Desafio dos Importados" teve o maior número de inscritos

A categoria “Desafio dos Importados” teve o maior número de inscritos

Quatro quebras de recordes foram registradas no primeiro dia da segunda etapa do Campeonato Amazonense de Arrancada, neste sábado (6), na pista Amazonas Dragway, localizada na estrada do município de Iranduba. As marcas foram alcançadas nas categorias “Standard”, “Dianteira Turbo B”, “Street 446 Light” e “Street Tração Traseira”. 

O piloto Thiago Guedes, da equipe “Maurício Racing”, obteve destaque ao atingir a marca de 11s903 e superar o próprio recorde na categoria “Street Tração Traseira”.  O tempo anterior, de 12s243, foi conquistado na primeira etapa da temporada 2015. “Estamos muito felizes com essa conquista, porque foi um esforço coletivo. Os últimos ajustes foram realizados aqui mesmo e esperamos alcançar um tempo ainda melhor”, afirmou Guedes.

A competição desta ano teve a participação de pilotos do Sul e Sudeste

A competição desta ano teve a participação de pilotos do Sul e Sudeste

Janilson Gonçalves, da equipe amazonense “Marabá Motorsport”, também quebrou o próprio recorde ao alcançar o tempo de 13s748 na categoria “Street 446 Light”. Nela, competem veículos coupê, sedan ou pick-up, de tração traseira e equipados com motores aspirados.

Já na “Dianteira Turbo B” o posto de recordista foi assumido pelo piloto Domingos Lima, que atingiu 241 km/h na pista de 402 metros e alcançou a marca de 10s385. Completando a lista, Márcio Vieira, da “310 Racing Team”, bateu o recorde da categoria “Standard”, com o tempo de 13s986.

arrancadas-iranduba-07De acordo com um dos organizadores do evento esportivo, Carlos Osga, a quebra de recordes já se tornou tradição no Amazonense de Arrancada. “O primeiro dia foi um sucesso e há previsão de mais quebras de recordes. Pois, os pilotos deixam para dar tudo de si e exigir o máximo dos carros no último dia. É o dia em que a disputa fica ainda mais acirrada e os melhores tempos são conquistados. É dia de decisão”, afirmou.

O Campeonato Amazonense de Arrancada ainda terá três etapas realizadas ao longo do ano. Para participar, o piloto precisa fazer inscrição nos dias da competição e apresentar seu carro para passar por uma vistoria técnica. Além disso, é obrigatório apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, de acordo com a categoria, fazer o processo de filiação junto à Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Roberto Brasil