Campanha Mais Mulheres na Política lota Câmara de Vereadores de Manacapuru

By -
Apesar de sermos a maioria da população brasileira, a participação das mulheres na política é vexatória, disse Vanessa Grazziotin

Apesar de sermos a maioria da população brasileira, a participação das mulheres na política é vexatória, disse Vanessa Grazziotin

Com o plenário da Câmara Municipal de Manacapuru lotado, foi lançado no município amazonense a Campanha Mais Mulheres na Política, que objetiva garantir maior participação das mulheres nos parlamentos. Além da presença do prefeito da cidade, Jaziel Nunes de Alencar, secretários municipais, líderes comunitários e de movimentos de mulheres, o evento também reuniu vereadoras de Novo Airão. Ainda no final desse mês, a Campanha também já tem lançamento confirmado em Parintins. 

A Campanha, que nasceu dentro da bancada feminina no Congresso Nacional, ganhou o País com as Procuradorias da Mulher da Câmara dos Deputados e do Senado. 

Uma das líderes do movimento que já chegou a várias capitais brasileiras e agora ao interior do Amazonas, a procuradora da Mulher do Senado, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) lançou a campanha em Manacapuru com apoio da procuradora da Mulher da Câmara Municipal de Manacapuru, vereadora Maria Izabel Marinho, do presidente da Casa legislativa, vereador Francisco Bezerra, de movimentos populares, além da deputada estadual Alessandra Campelo, também do PCdoB. 

manacapuru-mais-mulheres-na-politica-1“Apesar de sermos a maioria da população brasileira, a participação das mulheres na política é vexatória. Temos que mudar isso, e para mudar temos que garantir o espaço. Não éverdade que as mulheres não se interessam por política. O que elas querem é se candidatar e ter apoio para se eleger”, defendeu a senadora Vanessa, em referência a Proposta que tramita no Senado, que garante inicialmente 10% dos assentos nos parlamentos às mulheres. 

Apesar de 52% da população ser feminina, o Brasil está em 152ºnum ranking de 188 países em representação feminina parlamentar, segundo levantamento da União Interparlamentar. Na Câmara dos Deputados, dos 513 deputados, apenas 50 são mulheres. No Senado, são 13 senadoras entre 81 parlamentares. Na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), dos 24 deputados, apenas uma mulher, Alessandra Campêlo. 

A senadora Vanessa afirmou que o Projeto que reserva as vagas nas câmaras de vereadores, assembleias legislativas e no Congresso será votado no plenário do Senado, em primeiro turno, na próxima quarta-feira, dia 12. “Esse percentual é progressivo, começando com 10% na primeira eleição até chegar a 16% na terceira eleição após a aprovação da proposta”. Em junho, Emendaà Constituição que previa 30% dos assentos às mulheres não passou na Reforma Política na Câmara dos Deputados, mas a grande votação fortaleceu o movimento. 

manacapuru-mais-mulheres-na-politica-3A deputada estadual Alessandra Campelo lembra que a cota que a Campanha Mais Mulheres na Política defende é uma medida necessária, provisória até que a cultura política e da sociedade brasileira mude. Ela lembra que apesar da legislação eleitoral obrigar os partidos a terem 30% de seus candidatos mulheres, na prática as candidaturas femininas não vingam porque a elas não édado o recurso necessário para as campanhas, bem como o espaço de rádio e TV, que na sua maioria vai para os candidatos homens. 

Mudança cultural

“A cota é provisória, por um tempo até atingirmos o mínimo de igualdade. A cota é para corrigirmos uma falta de oportunidade às mulheres, para de fato terem condições de disputar uma eleição em pé de igualdade com os homens, e isso passa por uma mudança cultural, por mudança nos partidos”, destacou a deputada. 

manacapuru-mais-mulheres-na-politica-2Na avaliação da procuradora da Mulher na Câmara de Vereadores, Maria Izabel, a luta travada pela Campanha Mais Mulheres na Política não pode ser apenas das mulheres, mas da sociedade, que tem um déficit histórico em se tratando de gênero. “Em Manacapuru essa realidade não é diferente e ela só mudará com a maior consciência da população e a mudança de postura dos partidos, porque as mulheres são aguerridas e não desistem de seus direitos”. 

O prefeito de Manacapuru, Jaziel Nunes, destacou a importância da Campanha, que busca apoio de fato às mulheres que se candidatam e desejam ingressar na vida parlamentar. “A iniciativa da Campanha é mais que nobre e ela tem todo o meu apoio. Parabéns às mulheres que estão a frente dessa luta, como a senadora Vanessa Grazziotin e a deputada Alessandra Campêlo, que tão bem representam os interesses de nosso Estado”. 

Roberto Brasil