Campanha Governo Solidário já arrecadou mais 32 toneladas de alimentos

By -
“Nós acreditamos na solidariedade dos Amazonenses", afirmou o coronel Roberto Rocha

“Nós acreditamos na solidariedade dos Amazonenses”, afirmou o coronel Roberto Rocha

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas já contabiliza mais de 32 toneladas de alimentos não perecíveis doados por instituições e populares à campanha “Governo Solidário: faça parte dessa corrente você também”. O material reforça o apoio humanitário do Estado às famílias afetadas pela enchente em 14 municípios que estão em anormalidade (Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública) nas calhas do Purus, Juruá e Alto Solimões.

“Nós acreditamos na solidariedade dos Amazonenses. Só esta semana foram quase 11 toneladas arrecadadas e que estão sendo enviadas junto com o nosso material de apoio, as famílias afetadas pela enchente no Estado”, garantiu o Secretário da Defesa Civil AM, coronel Roberto Rocha.

A Secretaria de Saúde do Estado (SUSAM),  mobilizou funcionários de 29 unidades da capital (Policlínicas, SPA’s e  Maternidades), o que resultou na arrecadação de cinco toneladas de ajuda entre alimentos e fraldas. Por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (SEAS) e Fundo de Promoção Social (FPS), os itens foram entregues na sede da Defesa Civil do Estado, localizado no bairro Cachoeirinha.

“Esta doação é para as famílias dos municípios prejudicados pela cheia e terá a distribuição coordenada pela Defesa Civil do Estado que já atua nesse trabalho”, afirmou a vice-presidente do FPS, Vânia Barbosa.

Outra ação foi da empresa Norte Indústria e Comércio de Alimentos (Café do Norte), que entregou cinco toneladas de composto lácteo. Segundo o proprietário Cícero Brasiliano de Morais, que soube da campanha por meio das mídias sociais, as crianças são as que mais sofrem com a situação.

amazonas-solidario-02“Ter a certeza de que essas pessoas vão receber o que eu doei é muito gratificante, e se não fosse pelo trabalho Defesa Civil do Estado isso não seria possível.”, destacou o empresário.

Também contribuíram com a campanha, os jovens do Grupo Infantil Vida e Arte (projeto GIVA) em parceria com a Escola Municipal João Alfredo, localizado no Bairro da Paz. Foram arrecadados durante um torneio de futebol na comunidade, 290 kg de alimentos (arroz, feijão, farinha, leite e café) para os atingidos pela cheia no interior.

“Confio no trabalho da Defesa Civil do Estado, e sei que esse alimento vai chegar ao destino certo”, disse Ana Marly que representou o grupo na entrega dos alimentos.

Na zona leste, mais de 500 pessoas se reuniram para praticar exercício físico na Bola do Produtor. É o projeto “Dança para Todos” que há mais de 10 anos estimula famílias em seis bairros da Capital para a atividade. Aderindo a campanha, os coordenadores da receberam durante dois dias, doações que somaram 255 kg de alimentos.

“É muito importante ajudar a quem precisa de fato ”, disse o coordenador do projeto, Márcio Prata.

Balanço

Ao todo já foram arrecadadas 32.545 toneladas de produtos. As doações podem ser realizadas na sede do órgão, localizado na Avenida Carvalho Leal, número 1659, bairro Cachoeirinha.

Após a identificação das principais necessidades nos locais onde há famílias afetadas pela cheia, a Defesa Civil AM recomenda a doação de alimentos não perecíveis com prazo de validade de até seis meses, além de fraldas infantis e geriátricas, redes e sandálias de borracha novas.

Roberto Brasil