Campanha da Fraternidade 2016 foca no saneamento básico

By -
campanha-fraternidade-foto-israel-dourado-caama
Em Manaus, 90% das residências não tem saneamento básico. Esta triste realidade é tema da Campanha da Fraternidade 2016, que teve seu lançamento oficial na capital amazonense hoje (10), no Prosamim do bairro Santo Antônio.

O tema deste ano é ‘Casa Comum, Nossa Responsabilidade’ e o lema ‘Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca’. Para o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Caama), Luiz Castro (Rede), o local escolhido para o lançamento foi emblemático.
“O Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) é bom na parte da habitação, mas ainda está longe de ser o ideal no saneamento básico e na educação ambiental”, afirmou o deputado.
campanha-fraternidade-foto-jucara-menezes-caama (3)
Presente na celebração, Luiz Castro também disse que o trabalho da Comissão de Meio Ambiente será intensificado na questão dos igarapés, em 2016. Ele lembrou que, em janeiro deste ano, muito antes da Campanha, havia realizado uma inspeção técnica no Igarapé do 40, juntamente com o Ministério Público Federal (MPF).
“O que precisa sempre acontecer, e é trabalho permanente da Caama, é a conscientização das questões ambientais como uma constante, tanto do Poder Público quanto por parte da própria população”, salientou.
Campanha da Fraternidade
O arcebispo da capital, Dom Sérgio Castriani, assinalou que 90% da cidade não tem saneamento básico. Durante a abertura da Campanha Ecumênica, ele pediu ao Poder Público Municipal a implantação imediata do Plano de Saneamento, em Manaus.
“Precisamos nos informar mais sobre nossa água e igarapés. Para onde vão os dejetos das casas? E das Indústrias? São tratados de forma apropriada? Como tratamos o nosso lixo?”, questionou. “Temos que fazer uma conversão e mudar o nosso estilo de vida, com sustentabilidade e amor ao próximo”, completou.

Mario Dantas