Campanha “Adote uma Praça” será lançada na Câmara Municipal de Manaus

By -

O presidente da Comissão de Serviço Público da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Professor Gedeão (PMDB), lança, nesta semana, a campanha “Adote uma Praça” para ampliar e melhorar a manutenção desses logradouros públicos, na capital. A campanha é baseada nas diretrizes da Lei Municipal 3.280 de 2016, na qual prevê que empresas devem adotar praças, áreas verdes e outras áreas públicas municipais e em contrapartida elas podem divulgar suas marcas nos locais.

Segundo o vereador, a lei diz, ainda, que a cooperação entre a iniciativa privada e pública para a execução do programa deve ocorrer via convênio na qual a empresa assume a responsabilidade, os encargos necessários às obras e serviços inerentes à conservação da área e em contrapartida a empresa realiza sua publicidade nas áreas,  como uma ação de responsabilidade social, agregando valor a sua marca.

“Embora a lei exista há quase um ano, poucos empresários a conhecem e a população em geral, também, não tem informações sobre as diretrizes do programa para poder cobrar do Poder Executivo. Diante disso, pretendemos lançar, nos próximos dias, essa campanha para garantir a execução da lei e melhoria da infraestrutura das praças públicas uma vez que muitas estão abandonadas”, explicou  o parlamentar,

Gedeão disse que vai buscar parceria com a Prefeitura de Manaus – via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) – para que a campanha seja intensificada na cidade. “O Poder Legislativo tem o dever e a obrigação de auxiliar o Executivo nas questões voltadas à melhoria da qualidade de vida da população. Por essa razão, penso que os poderes, juntos, poderão ter mais êxito nessa campanha”, completou.

Para o vereador, o programa de adoção de praças públicas beneficia a todos de forma geral.  “A população ganha mais áreas de lazer, o município despende os recursos para outras áreas, e os empresários podem fazer a divulgação de suas marcas, com fixação do logotipo da empresa na área adotada e, também, por participar de um  programa social”, defende Amorim.

Lazer e turismo

Para  ele, as praças públicas, também, devem entrar no cronograma de prioridades da prefeitura uma vez que elas representam áreas de lazer a custo zero para os cofres públicos e onde os jovens podem passar o tempo com a prática de lazer e esporte longe da criminalidade.  “Se esses espaços recebessem a atenção que merecem serviriam como um grande meio de garantir mais segurança aos nossos jovens”, ponderou.

A preocupação do legislador se estende, ainda, às questões turísticas do município. “Recebemos muitos turistas de lugares variados para conhecer a Amazônia e desfrutar da nossa floresta.  Uma cidade limpa e organizada com espaços adequados para receber esses viajantes também atrai mais pessoas e com isso aumenta a arrecadação municipal.”, finalizou Gedeão Amorim.

Mario Dantas