Câmara de Urucará reprova contas de Fernando Falabella

By -
Fernando Falabella

Fernando Falabella

A Câmara Municipal de Vereadores de Urucará reprovou, nesta terça-feira (30/06), por 6 votos pela reprovação e 5 contra, as contas do ex-prefeito do município, Fernando Falabella (PMDB), relativas ao exercício de 2009.  Assim, como aconteceu em Parintins, é a primeira vez na história do Município de Urucará, que um ex-prefeito teve suas contas reprovadas, sequencialmente, pelo Tribunal de Contas do Estado e pela Câmara de Vereadores.

Fernando Falabella ficou conhecido como prefeito itinerante, depois de ser reeleito em São Sebastião do Uatumã e a seguir eleito em Urucará, completando, assim, 3 mandatos seguidos.

Dentre as irregularidades apresentadas pelo Tribunal de Contas do Estado para a reprovação das contas de 2009, segundo o site do TCE, está a não identificação, in loco, da execução de serviços discriminados nas planilhas orçamentárias das empresas contratadas; acumulação de cargo; ausência de Termo de Responsabilidade do gestor em relação aos bens patrimoniais; e a falta de registro no livro de tombamento sobre os bens adquiridos no exercício de 2009, foram algumas das irregularidades encontradas. Entre multas e glosas o ex-prefeito foi condenado, pelo TCE, a devolver mais de R$ 200 mil aos cofres públicos.

Votaram pela aprovação das contas os vereadores Aurimar Terço (PMDB) e Antônio Laurentino (PMDB), Ramona Rezk (PP), Matheus Garcia (PRB) e Alessandro Batalha (PT). Para a reprovação votaram os vereadores Almir Guimarães (PT do B), Elsinho (PSD), Araldo Serrão (PSD), Éder Célio (PSDB), Nixon Guimarães (PMDB), Ulisses Guimarães (PC do B).

No documento enviado à Câmara Municipal de Urucará para análise, o Tribunal de Contas do Estado recomendava aos vereadores a reprovação das contas de Fernando Falabella.

O Presidente da Câmara de Urucará, Almir Guimarães (PT do B), votou contra a aprovação das contas e enfatizou a responsabilidade de cada vereador com a sociedade urucaraense.

O grupo dos “falabellas” foi derrotado no último pleito em Urucará pelos “felipes” (comandado pelo atua prefeito Felipe Antonio) e não teve forças para aprovar as contas do ex-prefeito na Câmara.

Para ter suas contas aprovadas, Fernando Falabella precisa da aprovação de 2/3 da Câmara, ou seja, 8 votos. Contudo, só obteve 5 votos a favor.

Com isso, o ex-prefeito está inelegível para concorrer às próximas eleições.

Mario Dantas