Caixa abre hoje para saque do terceiro lote das contas inativas do FGTS

By -

Para facilitar o saque dos trabalhadores com direito ao terceiro lote das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e que não podem comparecer a uma agência durante a semana, a Caixa vai abrir as 20 agências da capital amazonense, neste sábado, além de ampliar o horário na segunda e terça-feira. Para o terceiro lote são esperados 84.794 trabalhadores que devem receber um total de R$ 88,3 milhões, no Amazonas.

As agências de Manaus estarão abertas de 9h às 15h, no sábado, para atendimento exclusivo aos trabalhadores com direito ao saque das contas inativas do FGTS. Podem ser realizados saques das contas, regularização de cadastro dos trabalhadores e cadastramento de cartões e senhas do Cartão do Cidadão.

A agência da Praça 14 contará com a visita do diretor de produtos de varejo da Caixa, em Brasília, Humberto Magalhães, que vai acompanhar os saques.

Na segunda (15) e na terça-feira (16), as agências vão abrir uma hora mais cedo, às 8h, e encerrar às 16h, uma hora após o expediente normal para o atendimento exclusivo relacionado ao FGTS. A relação das agências está no site da Caixa.

No Amazonas, são 341,2 mil contas inativas, que se enquadram nas regras do governo federal para o saque, que somam R$ 353 milhões, segundo a Caixa.

Podem sacar o saldo das contas inativas do FGTS os trabalhadores com carteira assinada, que em um ou mais contratos, pediram demissão ou foram demitidos por justa causa com o contrato finalizado até 31 de dezembro de 2015.

Os cotistas deste terceiro lote correspondem a 25% do total. A partir de 16 de junho, poderão efetuar o saque os trabalhadores que nasceram em setembro, outubro novembro. De 14 a 31 de julho, poderão sacar os aniversariantes de dezembro que correspondem a 8% do total.

Para os trabalhadores que têm conta-poupança, o valor será creditado automaticamente e o saque pode ser feito com o cartão da conta.

Os trabalhadores também podem tirar dúvidas pelo telefone 0800 726 2017 e no site das contas inativas criado pela Caixa. É preciso informar o número de inscrição do PIS e o CPF.

O prazo para o saque termina em 31 de julho e o trabalhador que perder a data só poderá sacar o valor das contas inativas quando se aposentar, comprar moradia própria ou se enquadrar nas outras possibilidades de saque previstas nas regras do fundo, entre elas, doença grave, ser morador de região afetada por catástrofe natural.

Roberto Brasil