Brasil derrota Colômbia e avança à semifinal

By -
Neymar aparece na hora certa: ele fez o primeiro gol do jogo

Neymar aparece na hora certa: ele fez o primeiro gol do jogo

Jogar bonito enche os olhos, mas nem sempre é uma alternativa viável. Neste sábado, a seleção olímpica não deu o show que apresentou contra a Dinamarca, mas garantiu a vaga na semifinal da Rio-2016 ao fazer o feijão com arroz: aguentou a catimba da Colômbia e venceu por 2 a 0.

O clima do duelo na Arena Corinthians era aquele que se convencionou chamar “de Libertadores”, no pior sentido da expressão. Em vez da troca de passes, o jogo truncado. No lugar da técnica, a força física desmedida.

Os colombianos bateram, e os brasileiros decidiram que não apanhariam sozinhos. Uma dessas faltas duras deu a Neymar a chance de abrir o placar, aos 11 minutos. Depois disso, tornaram-se ainda mais escassos os lances bem trabalhados. Como reflexo, um festival de cartões amarelos, e algumas outras oportunidades em que o árbitro optou pela omissão.

Na volta do intervalo, os dois times resolveram jogar bola. E mostraram qualidades e defeitos bem parecidos. Mas o Brasil tinha talentos mais valiosos. Aos 38 minutos, o atacante Luan — símbolo do crescimento do time de Rogério Micale na Rio-2016 — sacramentou a vitória com um gol de fora da área.

O Brasil decide uma vaga na final dos Jogos às 13h da próxima quarta-feira, no Maracanã. O adversário será Honduras, que neste sábado venceu a Coreia do Sul por 1 a 0. Na outra chave, a Nigéria se classificou ao bater a Dinamarca por 2 a 0, e a Alemanha eliminou Portugal com um acachapante 4 a 0. Africanos e europeus também se enfrentam na quarta-feira, às 16h, em São Paulo.

Numa eventual decisão, o Brasil terá que enfrentar um de seus fantasmas: a Nigéria tirou o sonho do ouro de um time com Bebeto e Ronaldo, em Atlanta-1996. Já a Alemanha foi a vilã de nosso maior vexame: o 7 a 1 na semifinal da Copa de 2014.

(Com AGÊNCIA O GLOBO)

Roberto Brasil