Black Friday é a última chance para descontos em eletrônicos

By -

eletronicos-descontosSe você pretende trocar de smartphone ou computador, é bom correr: a partir de dezembro, com o fim da isenção fiscal da Lei do Bem, os preços devem começar a subir.

A medida de terça-feira passa a valer a partir do dia 1º de dezembro, o que deve ter um impacto bem forte nas vendas de Natal. Alguns dias antes disso, no entanto, teremos a Black Friday, e a indústria vai se esforçar para que as promoções do fim de novembro salvem as vendas de fim de ano.

Portanto, se você planeja trocar de computador, smartphone ou tablet, a Black Friday é o limite – a não ser que você queira gastar mais depois disso.

Isso certamente vai ter um impacto enorme no mercado de smartphones no Brasil, que já registrou queda nas vendas no começo do ano. O fim das isenções vai afetar exatamente a categoria que mais se beneficiou desde que a Lei do Bem passou a incluir smartphones: aqueles que custam até R$ 1.500 e que são fabricados no país. Para os próximos trimestres, portanto, a tendência é de mais queda em vendas.

Aprovada em 2005, a Lei do Bem foi atualizada depois de uns anos para incluir smartphones e tablets. Ela oferecia isenção de PIS/Pasep e Cofins para aparelhos fabricados no Brasil até determinadas faixas de preço. Com a situação econômica do país cada vez pior, o governo federal decidiu acabar com a isenção para aumentar a arrecadação de impostos – a Receita Federal estima receber R$ 6,7 bilhões em 2016 com o fim do benefício. GIZMODO BRASIL

Roberto Brasil