Belarmino Lins cobra rapidez no recadastramento do Seguro-defeso

By -
Dep. Belarmino Lins

Dep. Belarmino Lins

A propósito de promessa feita pela ministra da Agricultura, Kátia Abreu, à bancada de parlamentares do Amazonas durante recente reunião do Parlamento Amazônico, na cidade de Palmas, o deputado estadual Belarmino Lins (PMDB) disse que a realização de um rigoroso recadastramento dos pescadores em atividade no Estado vai aclarar dúvidas e suspeitas em torno da questão.

Como é sabido, o Governo Federal suspeita da existência de irregularidades em diversos Estados envolvendo o seguro-defeso, razão pela qual decidiu suspender o benefício para a realização de um novo cadastro dos pescadores em nível nacional.

“O recadastramento é uma providência necessária e tem que acontecer com a máxima celeridade”, diz o vice-presidente da Aleam, para quem a medida ajudará a esclarecer, dentre outras coisas, como o número de pescadores no Amazonas evoluiu, surpreendentemente, de 45 ou 50 mil em 2014 para 100 mil em 2015.

Pagamento já

De acordo com Belarmino, o Ministério da Agricultura precisa iniciar o recadastramento de forma imediata para não prejudicar milhares de pescadores amazonenses que não possuem outro meio de atividade econômica e de vida fora da pesca.

“Queremos o recadastramento logo para que o pagamento do seguro-defeso possa ser restabelecido já, acabando com a angústia e o sofrimento de milhares de pescadores no interior do nosso Estado, e acreditamos que a ministra Kátia Abreu ouvirá o nosso apelo”, destacou o parlamentar.

Roberto Brasil