Banda do Jaraqui faz esquenta neste sábado

By -

Com o objetivo de resgatar os velhos carnavais de Manaus, neste sábado (18), a partir de 12h, na Praça da Polícia, no Café do Pina, acontece a 5ª edição da Banda Jaraqui.

Músicas dos anos 40, 50 e 60 que fizeram sucesso fazem parte da programação informou o coordenador Paulo Onofre.

O percurso da Banda fará no sábado será a Praça da Policia/Café do Pina, ruas 7 de setembro, Marechal Deodoro, Praça Theodoreto Souto. Retornando para a Praça da Policia pela Rua Marcílio Dias. Segundo o coordenador da Banda, Paulo Onofre foi difícil conseguir os recursos e as parcerias para lograr a realização do evento que pretende chamar a atenção para os políticos corruptos e que a través das marchinhas são motivo de sátira desde anos atrás.

“Nossa banda traz a essência dos velhos carnavais de Manaus, o sábado (18) será de festa e saudosismo, mas não de nostalgia, onde a turma da velha guarda de Manaus, poderá se divertir participando do melhor carnaval de nossa cidade. Fazemos o melhor carnaval de Manaus, embalado somente por marchinhas”, salientou o coordenador da Banda Jaraqui.

Limpeza geral

Explicou ainda que a arte do abada tem um jaraqui com uma vassoura na mão, simbolizando a limpeza, que temos que fazer na politica, em nosso estado e no Brasil. Quando falamos de vassoura na politica, me vem na lembrança a figura de Jânio Quadro, que usou este mote, quando foi candidato do PTN apoiado pela conservadora UDN nas eleições para a presidência do Brasil em 1960”, salientou o coordenador.

Varre, varre, varre vassourinha!

Varre, varre a bandalheira!

Que o povo já ‘tá cansado

De sofrer dessa maneira

Jânio Quadros é a esperança desse povo abandonado!

Jânio Quadros é a certeza de um Brasil, moralizado!

Alerta, meu irmão!

Vassoura, conterrâneo!

Vamos vencer com Jânio!

“Isto, Jânio falava em 1960, parece que de lá pra cá na politica nacional, pouca coisa mudou. Alguns dizem que mudou pra pior”, disse Paulo Onofre.

O preço do abada é RS 20,00 e o CD RS 10,00 com as 8 Marchinhas que concorreram no III – Festival de Marchinha da Banda do Jaraqui, que aconteceu no ultimo dia 28 de janeiro no Ao Mirante Club, incluímos no CD 10 Marchinhas que fizeram sucesso nos carnavais de Manaus. Destacou ainda a arte do abadá que neste ano (2017) o amigo Sousa, que é radialista e publicitário se esmerou na criatividade.

Segundo o poeta Alexandre Otto, um dos incentivadores da Banda “no passado tudo isso era musica para os olhos e ouvidos de um povo, que se divertia no carnaval descendo a Avenida Eduardo Ribeiro nas batalhas de confete. Tudo isso entrou pelo ralo de uma cidade sem memória, que atualmente valoriza o forró e boi, esquecendo a verdadeiras raízes do império de MOMO”. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil