Balneários em Manaus serão obrigados a fixar placas de orientações a usuários

By -

Clubes que possuem piscinas e balneários em geral serão obrigados a fixarem placas com orientações sobre a profundidade em alerta aos usuários, na prevenção de acidentes, principalmente com crianças. É o que diz a Lei 2.279 de autoria do vereador Sargento Bentes Papinha (PR), sancionada pelo prefeito de Manaus Artur Virgílio Neto (PSDB).

Durante o ano de 2017, o Corpo de Bombeiros do Amazonas registrou 87 ocorrências com afogamentos simples e graves com 79 mortes, conforme informou o autor da Lei, Sargento Bentes Papinha.

“Já vi muitos problemas acontecerem em piscinas e balneários da cidade. Desde junho, venho lutando pela aprovação no parlamento. Essa Lei veio na hora certa Quem vai ganhar com a Lei é o povo manauara”, disse Papinha, que se inspirou na elaboração da Lei desde a sua passagem pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar, quando observou a necessidade da mesma.

“São leis que marcam a passagem do político que o fazem ser relembrados por seus excelentes trabalhos. A Lei do vereador Sargento Bentes Papinha vai alertar as famílias do que é possível em piscinas e balneários. Não podemos colocar em risco a vida das pessoas e, principalmente de crianças”, destacou Artur Neto.

Roberto Brasil