Ausência de juízes no interior agrava morosidade da justiça no Amazonas, diz Sidney Leite

By -

cadeira-vazia

O deputado estadual Sidney Leite (PROS) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) para falar sobre a falta de juízes nos municípios do interior do Estado. Para o parlamentar, a situação é crítica e necessita de diálogo entre a Casa e o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).Em seu discurso, Leite citou os casos dos juízes que não residem nas comarcas onde deveriam atuar, o que, em sua visão, contribui para o agravamento da morosidade da justiça no Amazonas. O deputado relembrou que o último concurso realizado pelo TJAM ainda não apresentou êxito, pois os aprovados ainda não foram convocados aumentando, assim, os números de processos nos municípios, deixando, por sua vez, a população desassistida.

Comparando a falta de juízes ao poder executivo, Leite afirmou que o fato de um juiz não morar na comarca, seria como um prefeito não morar no município que administra. “O prefeito não consegue administrar uma cidade se ele não mora nela, se não tem conhecimento e vivência.

Como é que um juiz de paz consegue resolver quando, em sua grande maioria, não temos juízes morando no interior do estado?” questionou frisando que há a necessidade de se reunir com o TJAM afim de que se chegue a uma solução, de forma que a ALEAM possa contribuir com o poder judiciário.

Redação