Ato Público contra a privatização da Eletrobrás Distribuição Amazonas

By -

P1290685

Nesta quarta-feira (27), os trabalhadores da Eletrobras Distribuição Amazonas realizaram manifestação contra a privatização da referida empresa.  O Movimento ocorreu nos sete Estados que estão com as empresas de energia no Programa Nacional de Desestatização-PND (Amazonas, Rondônia, Acre, Goiás, Alagoas, Roraima, Piauí), em Brasília também ocorreu manifestação, considerando que houve reunião com representantes do Governo Federal para debater o assunto.

Em Manaus, a manifestação iniciou por volta das 09 horas com a concentração no Largo de São Sebastião, depois seguiu em passeata até a Av. Eduardo Ribeiro, local onde ocorreu o Ato Público.

P1290660

O movimento contou com a adesão de outros movimentos sociais que são contra a privatização dos serviços de energia elétrica. O Presidente do Sindicato dos Urbanitários criticou a postura do Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, de conivência com a pretensão de venda da empresa, o sindicalista lembrou que em campanha, o Senador havia assumido compromisso de ser contra a privatização do sistema de energia do Amazonas, porém, agora como ministro a postura é outra, a exemplo do aumento da conta de luz que pode ser estratégia para atrair futuros compradores da empresa.

Para o Sindicato, privatizar a energia elétrica no Amazonas é agir contra o desenvolvimento do Estado, pois, considerando as características da região, com maior acesso via fluvial, levar energia para os 61 municípios requer um custo elevado, diferentemente de outras regiões que tem acesso via terrestre, portanto, energia no Amazonas trata-se de uma questão social e não empresarial.

P1290727

Outras manifestações e ações serão realizadas tanto local, quanto nacional, a mobilização seguirá de forma permanente até que o Governo entenda que a Privatização não é a solução, pois, nos Estados onde as empresas foram privatizadas a conta aumentou e os serviços não foram melhorados.

Mario Dantas