Atleta amazonense ganha destaque na Luta Olímpica Sul-Americana

By -

Da Redação – A jovem Ketellen Regina Fernandes estuda no Colégio Militar da Polícia Militar do Amazonas e além de se destacar como estudante do 1° ano do ensino médio, agora se destaca também como o maior destaque da Luta Olímpica (Wrestling) brasileira. Aos 16 anos, essa amazonense começou a praticar esportes no Centro de Convivência da Família Padre Vignolia, na Cidade Nova, zona norte da cidade. Lá ela fez Capoeira, Bale, Natação e se aventurou na arte dramática praticando teatro, mas se encontrou de verdade quando descobriu a Luta Olímpica, quando aos 12 anos deu os primeiros passos na no a modalidade. Tudo começou como pura diversão, mas agora ela encara a atividade como objetivo de vida. Por conta disso teve que fazer uma escolha para prosseguir no caminho esportivo e foi na Luta Olímpica que se encontrou e se realizou verdadeiramente.

Aos 16 anos foi convocada para a Seleção Brasileira para disputar torneios internacionais, onde a atleta amazonense se destacou com muita desenvoltura, onde conseguiu conquistar dois  campeonatos: um em Buenos Aires, na Argentina, e outro em Santiago, no Chile, trazendo assim medalhas e títulos ao Brasil. A atleta orgulhosa falou a respeito das conquistas. “Os desafios aparecem para serem superados e graças a Deus estou conseguindo. Essas vitórias quero dividir com minha mãe, minha fonte inspiradora e minha maior incentivadora”, destacou Ketllen.

Ketellen ao lado da mãe, sua inspiração e grande incentivadora

Quando não está em casa nem na sala de aula, Ketellen está treinando na Academia Amazonas Clube da Luta, filiada à Federação Amazonense de Luta Livre, Esportiva e Luta Olímpica e a Confederação Brasileira de Wrestling (CBW). O técnico da amazonense é o mestre e professor Anderson Alves que disse estar orgulhoso pelo desempenho da atleta. “A Ketllen realmente foi uma dádiva divina. Ela tem um potencial a ser explorado. É um diamante que precisa ser lapidado e esse cuidado estamos tendo, pois não é todo treinador que tem o privilégio de ter uma atleta como essa e com esse potencial à sua disposição”, destacou.

Agora as atenções estão voltadas para aperfeiçoar os treinos para a disputa de mais uma etapa do Torneio da Juventude que ocorrerá no dia 24 de novembro na Cidade do Rio de Janeiro. Esse Campeonato Internacional é considerado como uma verdadeira Copa do mundo, pois só ocorre de quatro em quatro anos. Servirá também como seletiva para a formação do escrete brasileiro que irá representar o país nas Olimpíadas da Juventude que será realizado em Buenos Aires, em 2018.

Reportagem: Kennedy Lyra

Roberto Brasil