Atentado em Londres: Policial tirou foto com turista 45 minutos antes de morrer

By -

Última foto do oficial morto em atentado, Keith Palmer, foi tirada por uma turista americana (Foto: Staci Martin/Reprodução)

A última fotografia do policial Keith Palmer foi tirada 45 minutos antes de ele ser morto em um atentado em Londres na quarta-feira, em frente ao Parlamento britânico. A imagem foi registrada pela turista americana Staci Martin. Depois de saber do ataque, Staci quis compartilhar a fotografia com a família da vítima.

Natural da Flórida, a americana estava vistando pontos turísticos em Londres quando avistou o oficial:

— Era a minha primeira vez em Londres e eu vi o chapéu dele e pensei: ‘eu preciso tirar uma foto dele com aquele chapéu’ — contou à rede ABC. — Eu fui até ele e perguntei se ele se importaria de tirar uma foto. Ele respondeu que não haveria problema, foi bem legal.

Menos de uma hora depois, Staci estava em um táxi quando soube de um tiroteio e avistou um helicóptero e ambulâncias. Ela reconheceu Palmer por meio de uma foto divulgada depois da confirmação de sua morte. A americana acredita que a fotografia com o oficial deve ser uma de suas últimas fotos vivo e quis dividir isso com a família:

— Eu só quero ter certeza que eles tenham essa memória dele — acrescentou.

A família de Palmer emitiu um comunicado na quinta-feira dizendo que ele seria lembrado com um “pai e marido maravilhoso”.

A Federação da Polícia Metropolitana britânica criou uma página na internet para arrecadar dinheiro para a família do agente. Em 48 horas, a campanha já conseguiu £ 360 mil (US$ 449 mil).

Em sinal de respeito, a polícia metropolitana declarou que o número do oficial (4157U) seria aposentado e não poderia ser utilizado por nenhum outro policial. Keith Palmer era um membro desarmado do grupo de proteção parlamentar e diplomática e serviu à força por 15 anos.

AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Roberto Brasil