Atentado com caminhonete em ciclovia de Nova York mata oito e fere vários

By -

Policiais atendem mulher na cena do atentado em Manhattan (Fotos Brendan McDermid/REUTERS)

Manhattan passou por momentos de caos em plena festividade de Halloween depois que uma caminhonete atropelar várias pessoas que circulavam por uma ciclovia movimentada no bairro de Tribeca nesta terça-feira. O prefeito de Nova York, Bill De Blasio, confirmou que pelo menos oito pessoas morreram e 15 ficaram feridos e classificou o atropelamento em massa que aconteceu na tarde desta terça-feira, 31 de outubro, como um atentado terrorista.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lamentou a tragédia, e disse que foi um ato cometido por uma pessoa “doente e perturbada”, publicou em seu Twitter.  O FBI também trabalha com a hipótese de um ataque à cidade. Segundo o jornal The NY Times, dois policiais afirmaram que após o ataque o homem saiu do veículo e gritou: “Allahu Akbar”, árabe para “Deus é grande”

O atropelamento coletivo aconteceu na interseção das ruas West e Chambers após 15h locais (17h de Brasília). O número de mortos pode ser maior tendo em conta a quantidade de feridos. A polícia de Nova York também deteve mais de uma pessoa, que provavelmente seria o motorista do veículo que protagonizou o atropelamento. / Por El País

Roberto Brasil