Artur fala com firmeza, Vanessa despreza Manaus e as mulheres

By -

Eleicoes-Debate-Manaus-Tv A Critica

No debate promovido na noite desta terça-feira, pela TV A Crítica, nos últimos dias da campanha do segundo turno à Prefeitura de Manaus, a candidata comunista Vanessa Grazziotin, afirmou que tem orgulho do ex-presidente Lula, apesar deste ser indicado por alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), como o chefe do maior esquema de corrupção em toda a história do Brasil, conhecido como “Mensalão”. Vanessa, mostrando um misto de desdém e nervosismo esqueceu que o mês de outubro é dedicado à luta contra o câncer de mama e o aniversário da cidade que pretende governar, fatos lembrados pelo tucano Artur Neto. Sempre tentando desdenhar de seu adversário, Vanessa tentou transferir para Artur Neto as “maracutaias” orquestradas pelo seu comando político. A estratégia não desestabilizou o tucano, que sempre questionava a comunista sobre suas propostas para Manaus. Utilizando sua experiência diplomática, Artur Neto respondeu os questionamentos com firmeza. Vanessa perdeu o equilíbrio quando o tucano disse que tinha muito apreço por ela, não importando o resultado das eleições do próximo domingo. Tentando dizer que Artur já se sente prefeito por estar indicando, segundo ela, secretários municipais, a candidata comunista cometeu “suicídio” ao citar o gasoduto foi obra do ex-presidente Lula. O tucano retrucou mostrando que os primeiros R$ 120 milhões para a obra foram transferidos por sua interferência. Artur calou Vanessa quando disse que a obra de bilhões de reais é ineficiente porque não levou gás à população. Nas considerações finais, Vanessa Grazziotin esqueceu de parabenizar a população da cidade pelo aniversário de Manaus e esqueceu que este mês é dedicado ao combate ao câncer de mama, desprezando a sua principal bandeira: a saúde da mulher.///Rosalvo Reis

Redação