Artesãos da Tenreiro Aranha integram projeto ‘Viva Centro Galerias Populares’

By -

20160319_092831

Os 34 artesãos instalados na Feira de Artesanato Tenreiro Aranha, que funciona na avenida Floriano Peixoto, centro da cidade, passaram a integrar, a partir deste sábado, 19, o Projeto Viva Centro Galerias Populares, criado pela Prefeitura de Manaus para reordenar e requalificar o centro da cidade.

A novidade foi anunciada pelo subsecretário municipal do Centro Histórico, Glauco Francesco, durante café da manhã, evento organizado pelos trabalhadores do local, em comemoração ao Dia do Artesão, que contou com a presença da primeira-dama e secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Goreth Garcia Ribeiro.

De acordo com Glauco Francesco, todos os benefícios que o projeto oferece aos ex-camelôs, hoje microempreendedores, serão estendidos aos artesãos da feira de artesanato, como financiamentos por meio do Fumipeq (Fundo de Fomento à Micro e Pequena Empresa), cursos de qualificação e todas as melhorias necessárias à infraestrutura da feira, até que estejam no espaço definitivo, que será destinado para eles.

20160319_095432

Uma área dentro da terceira etapa da Galeria dos Remédios, em obra na rua Miranda Leão, será reservada aos 34 artesãos, que comemoraram esse novo momento. “Essa vai ser uma parceria muito boa pra nós. Vamos receber os benefícios dos financiamentos, fazer cursos de qualificação e ganhar um espaço novo, que era a nossa principal reivindicação”, disse o artesão Carlos Alberto Cruz, que hoje também tomou posse como o representante da categoria, dentro da Feira de Artesanato Tenreiro Aranha.

20160319_104816

Membro do Conselho Gestor da Galeria dos Remédios, Givanildo Marques Maia, ficou satisfeito com a medida anunciada. Para ele, inserir o artesanato na galeria, não só vai ser mais uma opção de vendas, mas, principalmente, atrairá o turista que chega pelo porto de Manaus. “Estamos em uma área portuária. Então, a primeira coisa que as pessoas que visitam Manaus procuram é o artesanato regional. O ponto é estratégico para eles e, consequentemente, vai aumentar o fluxo de pessoas dentro da Galeria dos Remédios. E isso facilmente se reverte em vendas para os microempreendedores”, afirmou Maia.

20160319_095451

Goreth Garcia Ribeiro disse que foi ao evento levar uma mensagem positiva do prefeito Arthur Neto. “Apesar das dificuldades econômicas que o país enfrenta, nós temos aqui, um grupo de pessoas que entendem as nossas limitações, mas também compartilham das nossas esperanças. Iremos trabalhar de forma intensa para atender as reivindicações que nos apresentaram. Temos que fazer os manauaras conhecerem este espaço e, principalmente, o turista, que se encanta com o nosso belo artesanato”, assegurou.

20160319_095719

Os artesãos fazem parte do grupo de 54 trabalhadores que atuava na praça Tenreiro Aranha, e que foram realocados em agosto de 2015. Atualmente, a praça está em processo de revitalização. Desse total, 34 trabalhadores foram para a Feira de Artesanato da avenida Floriano Peixoto e os demais estão instalados em uma área do Parque Ponta Negra.

 

Mario Dantas