Armando Monteiro apresentará diagnóstico sobre pendências na instalação de novas indústrias na ZFM em 30 dias

By -

armando-monteiro-encontra-bancada-amazonenseO ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, prometeu à bancada do Amazonas que, em um mês, apresentará um diagnóstico sobre a situação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) que ainda não foram analisados pelo governo federal, e que impedem concessão de incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus a novas indústrias. Essa foi a resposta do ministro ao apelo de deputados e senadores do estado em reunião realizada na tarde de quarta-feira (11).

No encontro, que teve a participação da nova superintendente da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), Rebecca Garcia, o ministro também disse que quer trabalhar em conjunto com a nova gestora e ajudar a fortalecer a autarquia.

“Aqui no ministério me comprometo a fazer o inventário de todos os projetos em análise para verificar onde há dificuldades. Acredito que, em 30 dias, já poderemos dar uma resposta sobre esses processos. Também quero informar a todos que vou trabalhar com a Rebecca da forma mais cooperativa possível, com a definição de prioridades para a Zona Franca de Manaus”, informou o ministro.

A senadora Sandra Braga (PMDB/AM) considerou positiva a recepção do ministro. Segundo ela, o fato de ele ter reconhecido que o modelo Zona Franca de Manaus precisa ser fortalecido é um importante passo.

“Ele nos garantiu que quer trabalhar em parceria com a nova superintendente para resolver esses obstáculos que hoje dificultam novos investimentos no nosso polo industrial. Também foi muito importante ele ver que a bancada está unida em torno da Zona Franca, e que não vamos desistir até resolver essa questão dos PPBs”, reiterou Sandra.

Exportação

Na reunião, Armando Monteiro também disse que vai criar um grupo de trabalho para estudar as melhores possibilidades de exportação de produtos do Polo Industrial de Manaus. Segundo o ministro, com o mercado interno em retração, investir em produtos para exportação é urgente.

“Podemos estudar o mercado, ver quais produtos têm mais potencial para exportação, estudar mudanças na legislação, enfim, acredito que conseguir um canal para exportação é uma proposta irrecusável”, acrescentou Monteiro.

Além de Sandra Braga e Rebecca Garcia, participaram do encontro com o ministro os senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB) e Omar Aziz (PSD); e os deputados federais Marcos Rotta (PMDB), Hissa Abrahão (PPS), Alfredo Nascimento (PR), Pauderney Avelino (DEM), Átila Lins (PSD), Silas Câmara (PSD) e Arthur Bisneto. A deputada Conceição Sampaio (PP) não pôde participar por estar em evento do partido dela no Rio de Janeiro.

Bancada

A ida ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior foi definida em reunião da bancada amazonense em Brasília, realizada na manhã de hoje (11). No encontro, o grupo também tratou das emendas que serão apresentadas ao Plano Plurianual (PPA) 2016-2019.

A senadora Sandra Braga indicou três emendas ao grupo: R$ 400 milhões para investimento em infraestrutura no Distrito Industrial, R$ 1 bilhão para construção de adequação de portos de interesse regional, e R$ 1 bilhão para conclusão de obras na BR-319.

Roberto Brasil