Anderson Silva quer enfrentar McGregor antes de se aposentar

By -
Anderson Silva vai encarar o jamaicano Uriah Hall no UFC 198, em Curitiba

Anderson Silva vai encarar o jamaicano Uriah Hall no UFC 198, em Curitiba

A pouco mais de um mês de sua próxima luta pelo UFC, contra o jamaicano Uriah Hall, Anderson Silva declarou que gostaria de enfrentar o irlandês Conor McGregor antes de se aposentar. Em entrevista por telefone direto da Arena da Baixada, palco do UFC 198, o “Spider” disse que quer dedicar fim da carreira a antigos adversários.

“Não gosto muito de falar disso e nunca gostei de desafiar ninguém. Sempre brincava falando que queria enfrentar meu clone. Mas nas minhas últimas lutas gostaria de fazer revanches, com Nick Diaz e Michael Bisping”, disse o ex-campeão do meio-médios.

Anderson, então, fez uma revelação inesperada: “Gostaria de testar minha habilidades marciais com o McGregor. Acho que ele é um grande lutador em pé, tem uma habilidade incrível e gostaria de me testar com ele num peso casado”.

Acerca de suas chances de uma nova disputa pelo cinturão, Anderson disse que essa situação já passou, mas não a vê impossível. “Como eu sou um atleta com contrato com o UFC e tenho algumas lutas a fazer, pode ser que isso aconteça. Não estou muito preocupado com isso porque é uma fase que já passou. Não busco mais isso na minha carreira.”

Perto dos 41 anos, Anderson afirma que “segue lutando por amor ao MMA”. “É isso que sou, o que eu amo fazer e é um privilégio de poucos”. Cada vez mais próximo da aposentadoria, Anderson fala que familiares já pediram para que ele parasse de subir ao octógono. “Já houve esse pedido e a gente conversou sobre isso. Mas eles entendem que é o que eu amo, o que eu gosto de fazer. E enquanto eu tiver condições físicas e psicológicas, eu vou continuar fazendo.”

Perguntado sobre suas próximas lutas, o paulista criado em Curitiba disse ter “mais algumas com o Ultimate e que os fãs ainda ouvirão falar de mim por um bom tempo.”

(Com Estadão Conteúdo)

Roberto Brasil