Amazonense Josiel Nunes disputa cinturão do Mega Combat Norte, em Castanhal (PA)

By -
Vencer essa luta no Pará é meu grande objetivo no momento, ressalta Josiel

Vencer essa luta no Pará é meu grande objetivo no momento, ressalta Josiel

O lutador amazonense Josiel Nunes, de 26 anos, se prepara para o maior desafio de sua carreira: conquistar o cinturão dos galos (até 61 kg) do Mega Combat Norte neste sábado, 17 de setembro, em Castanhal (PA). Com sete vitórias e apenas uma derrota no currículo, o atleta da academia Kratos Top Team, do Manoa, Zona Norte de Manaus, vai enfrentar o paraense Valdileno “Vulto” Almeida, da equipe Na Bruta Fight Team. 

Nascido em Anori (a 234 quilômetros de Manaus), Josiel começou no jiu-jítsu aos 19 anos e hoje é faixa roxa da “arte suave”. Há quatro anos treinando na Kratos, ele estreou no MMA profissional em 2015 e já acumula uma sequência de oito combates. 

“Tenho sete vitórias e apenas uma derrota, sempre lutando entre as categorias pena e galo. Sei que o Amazonas tem grande atletas, como o José Aldo, o Adriano Martins, mas estou aí buscando o meu lugar ao sol. Vencer essa luta no Pará é meu grande objetivo no momento”, ressalta o lutador. 

Profissional do forro de gesso…

Josiel se divide entre o trabalho como gesseiro e os treinamentos de jiu-jítsu, boxe, muay thai e wrestling com o professor Orlean Smith. A demanda no setor da construção civil é o fator que determina o ritmo de treinamentos do lutador de Anori.

 “Quanto tem muito serviço de forro de gesso diminuo a carga de treinos, mas a crise que afeta o setor favorece uma preparação melhor. Todo dia tem treino e cada treino é uma guerra, um novo desafio”, conta Josiel. 

Apesar de ter o chão como ponto forte, o amazonense promete fazer um bom combate em pé. A promessa da Kratos Top Team sonha com um nocaute para voltar para casa com o cinturão do Mega Combat Norte. 

“O meu diferencial é o jiu-jítsu e sempre busco a finalização, mas dessa vez a minha estratégia é lutar em pé e vencer por nocaute, seja com um upper ou com uma joelhada”, finaliza Josiel, que viaja rumo ao Pará na próxima quinta-feira, 15 de setembro.

Roberto Brasil