Amazonas se destaca nos Jogos Escolares da Juventude, na Paraíba, e conquista 16 medalhas

By -

 

_mcn7422

A medalha dourada de futsal foi conquistada pelas meninas do CMPM IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste / Fotos: Mauro Neto.

O Amazonas mostrou todo o seu potencial nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que iniciou na última terça-feira (20) e encerrou nesta sexta-feira (30) em João Pessoa, na Paraíba.

Ao todo, a delegação amazonense faturou 16 medalhas, sendo cinco de ouro, cinco de prata e seis de bronze, ao somar as modalidades individuas e coletivas da categoria infantil, de 12 a 14 anos. Ao todo, 163 estudantes- atletas viajaram para a competição com apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A delegação das modalidades coletivas desembarca em Manaus em dois horários. Neste sábado, 1º, chega às 13h no Aeroporto Eduardo Gomes e a última leva às 23h50.

“Estamos muito felizes com os resultados obtidos pelos nossos atletas. Eles com toda certeza representaram muito bem nosso Estado e deram orgulho ao nosso povo. Não tenho dúvidas de que desta safra vão sair novos ídolos do esporte e aqueles que não seguirem profissionalmente por este caminho, se tornarão campeões da vida. Parabenizo a todos, aos nosso técnicos, professores, equipe multidisciplinar que esteve come esses meninos, pois este é um trabalho em conjunto”, destacou o titular da Sejel, Fabricio Lima.

Futsal dourado

_mcn6282

Tão sonhada pela equipe amazonense de futsal feminino, a medalha dourada foi conquistada pelas meninas do CMPM IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste. A campanha inquestionável e de forma invicta com quatro vitórias, culminou nos 3 a 0 sobre o Colégio Ágape-RO, na finalíssima, realizada na tarde da última quinta-feira, e com o acesso para a segunda divisão dos jogos.

“Nossa campanha foi excelente. Uma campanha excepcional. Começamos bem, vencendo apertado o time de João Pessoa, que no ano passado caiu da segunda para a terceira divisão. Eles estavam ganhando por 3 a 1 e viramos para 4 a 3. No outro jogo vencemos fácil o Maranhão por 12 a 1. Na semifinal passamos pelo Espírito Santo por 7 a 1 e não final vencemos Rondônia por 3 a 0”, comemorou o treinador Reinaldo Thompson.

Basquete é prata e handebol bronze

_mcn7840

Uma das medalhas de prata da conquista baré veio do basquete masculino do La Salle, que perdeu para a equipe da casa, Colégio Motiva (João Pessoa), pelo placar de 23 a 28. O vice-campeonato garantiu ao time a segunda divisão do JEJ de 2017.

No handebol masculino, o bronze coroou o belo trabalho da escola Estadual São José Operário de Parintins. A equipe da terra dos bumbás Garantido e Caprichoso venceu o Colégio Arquidiocesano-SE por 24 a 20 na disputa pelo terceiro lugar. Apesar de não ter subido no pódio, a escola Estadual Almirante Ernesto Batista, do bairro Mauazinho, ficou na quarta posição no naipe feminino.

“Essa categoria é muito renovada a cada ano. Ano que vem é trilhar o caminho para subir de divisão e chegar a segunda”, avaliou o coordenador de handebol, Auricélio Andrade.

Individual faturou 13 medalhas

helisson-bresson-luta-olimpica_002

Nos esportes individuais o Amazonas conquistou treze medalhas, na primeira semana de competições. O Judô arregimentou um bronze com Heloysa Oliveira, 13, e ouro com a Samanta Santos, 13. No badminton, os alunos-atletas trouxeram sete medalhas, sendo uma de ouro, duas de prata e quatro de bronze.

Na luta olímpica, Layane Miranda, de 13 anos, foi a primeira atleta do estado a medalhar. A estudante do CMPM IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste, ganhou ouro após se destacar na categoria médio. A modalidade também ganhou prata com Ryan Souza, 13, e ouro com Helisson Bresson, 14, além de conquistar a prata por equipes.

Um dos destaques da disputa por equipes foi Ana Karolina, de 12 anos, que competiu pela categoria pesado até 62 Kg. A atleta que mora no Bairro São José 4, Zona Leste, estuda no CETI Aurea Pinheiro Braga e mostrou a garra feminina.

“Essa foi a minha primeira competição fora do nosso estado, e tive uma experiência incrível em poder competir com pessoas de outras partes do País. Na primeira luta contra uma atleta do Rio Grande do Norte consegui ganhar. Consegui perder mais o nervosismo e tive mais outras três lutas, na final enfrentei uma atleta bem difícil do Ceará que era muito boa, e fiquei com o segundo lugar, mas apesar de tudo estou muito feliz pelo resultado e devo tudo isso as pessoas que me ajudaram e ao mestre Waldeci”, disse Ana.

Lucas Guimarães, de 14 anos, da Escola Municipal Prof. Francisco Pergentino, do bairro Zumbi, na Zona Leste, também contribuiu para a conquista da medalha de prata por equipes. Ele conta que a viajem foi cheia de experiências incríveis e que se divertiu com os sotaques dos outros atletas ao interagir com eles.

Para o Professor Waldeci, que fez a preparação dos atletas que participaram do maior evento esportivo estudantil do País, todos tiveram um ótimo resultado. “Essa é uma seleção renovada, foi um resultado expressivo e, com certeza, no ano que vem todos eles vão estar mais experientes. Em 2017 o número de conquistas vai dobrar”, comentou.

Quadro de medalhas

Badminton
OURO – Vitor Nascimento/ Individual
PRATA – Barbara Rodrigues de Sousa / Individual
PRATA – Kailane Leticia e Samara dos Santos / Dupla Fem
BRONZE – Vitor e Barbara – Dupla Mista
BRONZE – Lucas Emanuel / Individual
BRONZE – Victor Nascimento e Lucas Emanuel/ Dupla Masc
BRONZE – Rebeca Vitória/ Individual

Judô
OURO – Samanta Santos
BRONZE – Heloysa Oliveira

Luta Olímpica
OURO – Layane Miranda
OURO – Helisson Bresson
PRATA – Ryan Souza
PRATA – Por equipes (Layane, Helisson, Ryan Souza, Lucas Guimarães, Ana Karolina)

Futsal Feminino
OURO – CMPM IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste

Basquete Masculino
PRATA – Basquete masculino do La Salle

Handebol Masculino
BRONZE – Estadual São José Operário de Parintins.

Futsal Feminino

OURO – CMPM IV Áurea Pinheiro Braga, da Zona Leste

Basquete Masculino

PRATA – Basquete masculino do La Salle

Handebol Masculino

BRONZE – Estadual São José Operário de Parintins.

Áida Fernandes