Amaturá decreta Situação de Emergência

By -
A cota no município está em 13,13m, tendo ultrapassado 11,80m da cota de alerta

A cota no município está em 13,13m, tendo ultrapassado 11,80m da cota de alerta

O município de Amaturá,  distante  909 quilômetros de Manaus,  é o 14º  a decretar Situação de Emergência no Amazonas por conta da enchente. O decreto foi publicado na sexta feira (10), no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). A Defesa Civil do Amazonas começa na próxima semana, a distribuição de ajuda humanitária aos municípios afetados na região do Alto Solimões.

Amaturá, com população de pouco mais de nove mil habitantes, contabiliza 193 pessoas afetadas em 21 comunidades por conta da cheia do rio. A cota no município está em 13,13m, ultrapassando a cota de alerta que é 11,80m, condição que coloca a cidade em Emergência.

Além dos 14 municípios em emergência, Boca do Acre, no Purus, permanece em Estado de Calamidade Pública, totalizando 15 municípios em anormalidade no Amazonas, com mais de 80 mil pessoas afetadas. O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil AM, já enviou mais de 325 toneladas de alimentos não perecíveis as famílias atingidas, além de kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros) kit´s de higiene pessoal, medicamentos, filtros de água, hipoclorito de sódio. Também fez o repasse financeiro as Prefeituras Municipais de Boca do Acre Boca do Acre, Envira, Itamarati e Eirunepé no valor total de R$ 1,250 milhão, para ser usado no socorro as vítimas.

Roberto Brasil