AM registra redução de 25% de homicídios desde janeiro

By -

c91f75a2-95af-41a3-9f91-ecff119e9f38

Desde janeiro deste ano, o Estado do Amazonas conseguiu reduzir 25% do número de homicídios comparado com 2015. Os dados foram apresentados pelo Secretário  de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, em Gramado (RS) na Reunião do Colegiado de Secretários de Segurança Pública do Brasil (Consesp), que encerra nesta sexta-feira (7).

De acordo com Sérgio Fontes, a meta do Governo Federal para o Estados é a redução de de 5%, e o Amazonas está conseguindo ir além da média. “Na prática, estamos salvando vidas. Uma estrategia de combate a criminalidade em geral que vem sendo aplicada desde 2015 e que agora estamos conseguindo ter respostas mais efetivas, graças a esse trabalho integrado que vem sendo desenvolvido pelos órgãos de segurança do Estado”, disse Fontes.

Ele destacou que Manaus também tem registrado queda nos índices criminais mês a mês. Somente no mês de setembro, o número de homicídios chegou a 34% comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo o secretário Sérgio Fontes, a redução se deve à atuação integrada dos órgãos de segurança do Estado. “Hoje temos um modelo de integração das polícias que tem dado certo, prova disso é que o Amazonas é um dos poucos estados com índices de redução de homicídios no país. Essa integração tem sido fundamental para desacelerar e diminuir os índices que só cresciam até 2015”, comentou.

O secretário afirmou ainda que as Polícias Civil e Militar atuam de forma específica para a redução desses índices, direcionado por mapeamento de pontos com incidências de crimes, técnicas de inteligência e investigação apurada.  Além disso, houve também a otimização nos últimos anos dos trabalhos do Departamento de Polícia Técnico-Científica que melhorou os protocolos para atender os locais de crimes, bem como o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) com trabalhos de prevenção.

O trabalho do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) também foi destacado por Sérgio Fontes, que apresentou o modelo de integração utilizado em todos os grandes eventos do Estado e elencou, ainda, os desafios a serem superados no Amazonas.

Ao final das apresentações e discussões, o Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública elaborou um documento que sintetiza as principais reivindicações dos estados brasileiros.

O documento será encaminhado ao Ministério da Justiça e Cidadania, Câmara Federal e Presidência da República, apresentando, também, à sociedade os pleitos aprovados pelo colegiado.

Mario Dantas