Álvaro Campelo propõe espaço para feira de artesanato indígena

By -

O vereador Álvaro Campelo (PP) esteve na sede do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), acompanhado de lideranças indígenas. O objetivo foi levar ao conhecimento do órgão a necessidade da implantação de um espaço para uma feira permanente de artesanato indígena na cidade.

O grupo reuniu-se com os engenheiros, Cláudio Guenka e Telamon Firmino, presidente e vice-presidente do Implurb, respectivamente, que se mostraram receptivos à ideia do projeto. “Vamos realizar uma reunião mais ampla, com a participação das Secretarias do Centro, Trabalho e Projetos Especiais da Prefeitura para tratarmos deste assunto”, afirmou o presidente do órgão.

Para Álvaro Campelo, o espaço mais adequado seria a Ponta Negra, por ser um complexo que atrai turistas de todo o mundo. “É uma grande oportunidade para divulgarmos a nossa arte e darmos oportunidade de emprego e renda para os nossos irmãos indígenas”, concluiu o vereador.

A maior população indígena do País está no Amazonas, segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2012. A população da etnia Tikuna tem 46.065 mil pessoas, ultrapassando a população de Guarani-kaiowá, que tem 43.401 pessoas. Estimativas anteriores apontavam a etnia Tikuna, como a segunda maior população indígena do Brasil, perdendo para a etnia Guarani-kaiowá.

Na próxima reunião, que será realizada, às 15h, do dia 26 de fevereiro, na sede do Implurb, os indígenas farão a entrega oficial do projeto da feira de artesanato.

Roberto Brasil