Alunos de robótica criam game para alertar sobre a preservação do Sauim de Coleira

By -

alunos-de-robotica-1Um game com o Sauim de Coleira como personagem principal é o resultado de um projeto de pesquisa de alunos da Escola Municipal Jorge de Resende Sobrinho, no bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus, que deve concorrer, junto com outro projeto da unidade, a etapa regional do Torneio de Robótica First Lego League (FLL) que acontece no mês de dezembro.

O gestor da unidade, Oswaldo Neto, explicou que o projeto foi desenvolvido para chamar a atenção das crianças sobre o animal que só existe nas matas de Manaus, Rio Preto da Eva e Itacoatiara e corre grande risco de extinção.

“A etapa regional classifica cinco grupos para a etapa nacional e esperamos passar por essas etapas para chegar à fase internacional. Então esse projeto de pesquisa é uma forma de chamar a atenção das crianças para que elas tenham essa consciência por meio do game, que foi criado junto com a professora de artes”, destacou.

O novo game, que deve estar disponível para download também em dezembro, já foi testado pela secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que foi até a escola conhecer este e outros projetos desenvolvidos pelos mais de 600 alunos. Ela destacou o empenho do gestor e dos estudantes que já representaram a escola em outras competições nacionais.

alunos-de-robotica-2“Esse projeto é a motivação para que tenham um futuro. Os alunos que participam são motivados a seguirem estudando para construir um projeto de vida. São projetos voltados para a construção do conhecimento e servem de motor para que a gente desenvolva outras iniciativas dessa natureza em outras escolas”, relatou a secretária.

Além do projeto de robótica, a escola desenvolve outras atividades que mobilizam a comunidade, como jiu-jítsu, projetos de matemática, ciências, além de trabalhos sociais. A secretária da Semed aproveitou a visita para vistoriar a situação do prédio da escola e ouvir os servidores sobre as demandas da unidade de ensino.

“Foi importantíssimo a secretária ter vindo para visualizar as necessidades reais da escola, de sala de aula, da administração, o que o professor e o gestor precisam fazer com o que tem. Além disso, mostramos nossos projetos, anseios e expectativas, acreditamos que com mais apoio e mais incentivo podemos fazer muito mais”, destacou o gestor Oswaldo Neto.

Roberto Brasil