Alunas vão parar em hospital após comerem brigadeiro de maconha

By -

Polícia suspeita de envenenamento (Foto: Divulgação/PMMG)

Três alunas da Escola Estadual Assis Chateaubriand, localizada em Belo Horizonte, foram socorridas no Pronto Atendimento da capital após comerem um brigadeiro de maconha, segundo a polícia.

“Os exames comprovaram que o doce era feito de maconha”, afirmou o cabo Berg Diniz.

De acordo com o jornal ‘O Tempo’, uma funcionária da escola foi responsável por entregar o brigadeiro de maconha a uma estudante de 16 anos. A adolescente teria dividido o doce com outras colegas. Ela e outras três passaram mal após ingerirem o brigadeiro.

A polícia ainda investiga se as meninas foram vítimas de envenenamento ou se sabiam que havia maconha no brigadeiro.

De acordo com o Portal Terra, uma das meninas estava com arritimia cardíaca e vomitava um líquido branco. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde disse que, no total, seis alunos consumiram o doce. No entanto, ainda não foi informado o estado de saúde dos adolescentes.

Em outubro de 2016, uma jovem de 24 anos foi presa enquanto entregava 50 brownies de maconha em uma faculdade em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Civil, a jovem traalhava em um diretório acadêmico e fazia os doces com a droga sob encomenda. Com informações do Terra.

Roberto Brasil