Alta velocidade e curiosidade fazem duas vítimas na AM-070 neste domingo

By -

A vítima estava em alta velocidade e colidiu na traseira do micro-ônibus que estava parado no acostamento (Fotos: Divulgação/PM)

O motoqueiro Fabrício José Tavares, de 35 anos, morreu na manhã deste domingo (1º), ao colidir contra a traseira de um micro-ônibus que estava parado no acostamento da AM-070 (Manoel Urbano). O acidente aconteceu no quilometro 13, em Iranduba (a 27 Km de Manaus). Com a colisão, a motocicleta pegou fogo e incendiou o micro-ônibus. Outro motoqueiro ficou ferido ao colidir em um carro, que parou bruscamente para ver o acidente.

O mototqueiro teve partes do corpo queimadas

O acidente, de acordo com a Polícia Militar do município, aconteceu entre 6h e 7h. Fabrício estava trafegando em alta velocidade, no sentindo Manacapuru/ Manaus, quando colidiu com o micro-ônibus, de placa JXK-8316, que estava parado no acostamento. Devido à gravidade da batida, a motocicleta explodiu e incendiou o ônibus.
Logo em seguida, outro motoqueiro, identificado como Márcio de Castro Gama, de 50 anos, colidiu na traseira de um Siena, de cor prata, placa JXV-2195, que havia parado para ver o acidente. Márcio ficou com vários ferimentos pelo corpo e foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros para o Hospital e Pronto Socorro 28 de agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus.

O micro-ônibus teve perda total

Fabrício apresentou queimaduras em algumas partes do corpo, tendo sido removido para o Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte da capital. O Corpo de Bombeiros  foi acionado para controlar o fogo no micro-ônibus. O veículo teve perda total.

>>>EM TEMPO

Roberto Brasil