Aleam vai ajudar TRE a fazer o cadastramento biométrico na região metropolitana

By -
A decisão foi anunciada pelo deputado Josué Neto à desembargadora Socorro Guedes

A decisão foi anunciada pelo deputado Josué Neto à desembargadora Socorro Guedes

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) vai ceder 50 servidores ao Tribunal Regional Eleitoral (TER-AM) para ajudar a fazer o cadastramento biométrico dos eleitores da região metropolitana de Manaus. A decisão foi anunciada pelo presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD), à presidente do TRE, desembargadora Socorro Guedes, em uma visita de cortesia realizada pelos integrantes da Mesa Diretora, na tarde desta quinta feira (26), na sede do tribunal.

A cessão dos servidores deverá ser feita oficialmente por meio de um acordo de cooperação técnica entre o Poder Judiciário e o Poder Legislativo. Para o presidente Josué Neto, a parceria é uma forma de a Aleam contribuir com a democracia e com a população. Além de ser uma das mais importantes parcerias que o Poder Legislativo já fez.

De acordo com a desembargadora Socorro Guedes, a meta do tribunal é fazer o cadastramento biométrico de todos os eleitores da região metropolitana até maio de 2016. Ela confirmou que para esse serviço serão necessários aproximadamente 500 servidores. Para alcançar essa meta, o TRE pretende disponibilizar vários postos de atendimento. “Estamos fazendo parcerias e essa com a Assembleia é fundamental, pois devemos instalar postos de atendimento no Centro Cultural Povos da Amazônia, no Centro de Convenções Vasco Vasquez e no Centro de convivência da Cidade Nova. Assim, com o reforço dos servidores do Poder Legislativo, devemos alcançar a nosso objetivo”, ressaltou.

Antes do encontro com a presidente, os deputados aproveitaram para fazer o cadastramento biométrico. Além do presidente Josué Neto, estiveram, presentes na reunião, os deputados Belarmino Lins (PMDB), David Almeida (PSD), Adjuto Afonso (PP) e Sabá Reis (PR).

Roberto Brasil